Jocimar se manifesta pela primeira vez após ser detido por suposta rachadinha

Foto: Olhar do Vale

O vereador Jocimar dos Santos Lima (DC) se manifestou pela primeira vez após ter sido preso em flagrante no dia 30 de novembro por suposta prática de rachadinha com o suplente de vereador Eder Leite (DC). De acordo com a denúncia, feita pelo próprio Eder, Jocimar solicitou metade do salário que Eder viria a ganhar por nove dias de trabalho para autorizar que assumisse o cargo.

Em entrevista coletiva realizada na manhã desta terça-feira (19), data limite para apresentar sua defesa na Câmara Municipal de Brusque, que já conta com uma comissão processante para analisar o caso, o parlamentar negou todas as acusações e afirmou que o dinheiro que ele recebeu de Eder era o pagamento de um empréstimo que Leite pediu a Jocimar em fevereiro de 2021, data em que o carro de Leite estragou.

Bastante emocionado quando relembrou a noite que estava na prisão, o parlamentar afirmar ter a convicção de que será absolvido, pois acredita que existiu uma trama de pessoas que, segundo ele, “armaram” para que a polícia fizesse um flagrante inválido.

Publicidade

Confira a entrevista coletiva na íntegra:

Leia também:

Advogado de Jocimar defende tese de conluio contra vereador | Olhar do Vale

Processo de cassação: Jocimar é notificado e tem dez dias para apresentar defesa e testemunhas | Olhar do Vale

Definida comissão de ética que vai analisar pedido de cassação de Jocimar | Olhar do Vale

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.