Caso Jocimar: Suplente de vereador denuncia rachadinha e parlamentar irá para a UPA, afirma delegado

Foto: Divulgação.

O delegado da Polícia Civil de Brusque, Alex Bonfim Reis, explicou na noite desta quinta-feira (30) que Jocimar Santos Lima (DC) foi detido pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público por suposta prática de rachadinha, que é, neste caso, o repasse de uma parte do salário do suplente do vereador para o parlamentar. A prática é considerada crime. A denúncia foi feita pelo próprio suplente de vereador Eder Leite, que assumiu no lugar do parlamentar que estava licenciado por dez dias.

O delegado explica que ” segundo o apurado, o vereador pediu licença e no seu lugar indicou um suplente, só que nas conversas preliminares ele (Jocimar) exigiu que o suplente pagasse a ele metade do salário pelos dias de trabalho para que exercesse o cargo. Num primeiro momento o suplente aceitou acreditando que não seria verdade e assumiu como o cargo. Acontece que pouco tempo depois o vereador licenciado voltou a falar com ele e exigiu o 50% que era o que supostamente havia sido acordado. Então, diante dessa realidade, o vereador suplente procurou o Ministério Público para informar o que estava acontecendo e então o Ministério Público acionou o Gaeco para que fosse apurado os fatos. Foi aí que o vereador licenciado ligou para o suplente, e o suplente combinou de se encontrar em um determinado lugar e hora e ali você me paga os 50%. Dito isso, o vereador em suplência contactou o Gaeco e marcou o local. No ponto escolhido o vereador suplente entregou o valor de R$ 1.750,00 que corresponde a metade referente a dez dias de atividade que daria R$ 3,5 mil. Então ele pagou R$ 1.750,00 ao vereador licenciado. Então no momento que houve essa entrega dos valores, os policiais do Gaeco efetuaram a prisão do vereador e o conduziram a Delegacia de Polícia Civil”, afirma o delegado.

Publicidade

De acordo com o Delegado, Jocimar será transferido para a Unidade Prisional Avançada onde aguardará a audiência de custódia. “O vereador que solicitou a rachadinha foi autuado em flagrante e vai para a Unidade Prisional Avançada (UPA) onde ficará à disposição da justiça”, finaliza o delegado.

O que dizem os advogados de Jocimar

A reportagem do Olhar do Vale entrou em contato com o escritório Amarante e Madeira Advogados Associados que representa o vereador. Os advogados Augusto Wanderlinde e Augusto Bianchini cuidam do caso e preferiram não se manifestarem até tomarem conhecimento total do fato. O advogado Augusto Bianchini se deslocará amanhã (1º) para Brusque para participar da audiência de custódia que vai definir o futuro do vereador que permanecerá detido até a decisão. A audiência deve ocorrer no período da tarde.

Prefeito não se manifesta

A reportagem do Olhar do Vale procurou a Secretaria de Comunicação da prefeitura de Brusque para uma manifestação do prefeito André Vechi (PL) e que venceu a eleição pelo DC com apoio de Jocimar, mas não houve manifestação até o fechamento desta matéria.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.