Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Sem explicação: embargos são novamente retirados de pauta

E a novela continua;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brasília – A novela de mau gosto protagonizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) continua. Previsto para ser julgado nesta terça-feira, 1º de março, os recursos impetrados pela defesa de Paulo Roberto Eccel (PT) e Evandro de Farias (PP), o Farinha, além do mandado de segurança interposto pelo diretório municipal do partido Solidariedade (SD) foram retirados de pauta, horas antes da sessão plenária das 19h.

Paulo e Farinha, ex-prefeito e vice de Brusque, foram cassados pela Justiça Eleitoral por abuso de poder político e econômico no ano passado e desde então, após vários recursos, aguardam a decisão do TSE, que parece não se importar com a situação de instabilidade política que se instalou no município, governado interinamente por Roberto Pedro Prudêncio Neto (PSD).

Ainda não há nenhum indicativo de que os embargos sejam colocados em pauta novamente nas próximas sessões.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.