Unifebe Vargas Neni TEVAH

Corrupção: “não temos que falar das administrações passadas”, diz vereador guabirubense

Haliton Kormann relatou que é a Justiça quem deve julgas os possíveis casos de corrupção na era Kormann;

Foto: Wilson Schmidt Junior -

Foto: Wilson Schmidt Junior –

Guabiruba – Os possíveis casos de corrupção ocorridos durante a gestão de Orides Kormann (PMDB) na Prefeitura de Guabiruba continuam a dar um dos principais tons de discussão na Câmara de Vereadores do município vizinho a Brusque. A administração peemedebista que antecedeu a atual de Matias Kohler se viu envolvida, recentemente, em irregularidades apontadas pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) em licitações que previam a compra de cadeiras odontológicas.

Haliton Kormann (PMDB), vereador de oposição, acredita que a motivação das críticas dos políticos de base é puramente eleitoreira. Ele refuta a ideia de o assunto estar sendo discutido no Plenário, local onde assuntos para o benefício da comunidade guabirubense deveriam estar sendo deliberados pelos legisladores. “Temos que falar de problemas atuais do município e, não, ficar falando do passado, de administrações passadas. Quem vai decidir isso é a justiça e não os vereadores. Não sei se eles já estão preocupados com a eleição, pois estão dizendo que o prefeito Orides quer voltar no ano que vem. Não sei se eles têm pesquisas pra isso”, ironizou o vereador.

O presidente do Legislativo, Felipe Eilert dos Santos (PT), retrucou, dizendo que o que foi dito na Tribuna está dentro do da vereança, ou seja, fiscalizar as ações do Executivo, mesmo que nas administrações passadas.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.