Unifebe Vargas PREFEITURA TEVAH

Cerca de 300 apoiam Eccel em manifesto

O ato intitulado como "De Mãos Dadas Pela Justiça" foi organizado em meio à muita chuva;

11080507_649649878514136_6379802995460740643_o (800x600)

Foto: Pedro Paulo Angioletti –

Brusque – Aproximadamente 300 pessoas enfrentaram a chuva, na noite desta sexta-feira (27), para demonstrar apoio ao prefeito de Brusque, Paulo Roberto Eccel (PT), cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na última terça-feira (24). A mobilização que foi intitulada  de “De Mãos Dadas Pela Justiça” ocorreu no estacionamento da Praça Sesquicentenário, situada defronte à Praça dos Três Poderes.

Durante o ato o petista aproveitou para reiterar à população que compareceu ao manifesto que ele e seu companheiro de chapa, Evandro de Farias (PP), só foram cassado por conta da mudança da interpretação da lei que fiscaliza abusos políticos e econômicos. Para Eccel, o TSE contrariou a jurisprudência atuante. “O prefeito de Chapecó estava na mesma situação e teve sete votos a favor no TSE. Alguns meses depois chega o meu processo e eu tenho sete votos contra! O que mudou!? O que mudou se a situação era a mesma?”, disse entre gritos o até então chefe do Poder Executivo municipal.

Durante seu discurso, novamente desacompanhado de Farinha, Paulo quis afastar a ideia de corrupto da cabeça da população, dizendo que quando um prefeito é cassado essa é a primeira concepção do cidadão brusquense. “O selo de corrupto não cabe no meu peito! Essa prática não combina comigo! Essa prática não combina com a gente!”.

Ainda durante a sua manifestação o prefeito relacionou sua cassação como um verdadeiro “tapetão”. “Não podemos nos conformar com esse pessoal querendo tirar nosso mandato. Se quiserem, disputem as eleições, ganhem as eleições”, pontuou.

Além das lideranças petistas municipais, cargos de confiança e outros diversos servidores públicos, compareceram ao manifesto o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Cláudio Vignatti, o ex-ministro de Lula, José Fritz, além dos deputados federais Décio Lima e Pedro Uczai.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.