Polícia Civil ouve testemunhas e analisa dispositivos eletrônicos apreendidos na investigação de mortes em Saudades


A Polícia Civil de Santa Catarina ouviu mais de 10 testemunhas até o começo da tarde desta quinta-feira, 6, na investigação sobre as mortes de cinco pessoas em uma creche na cidade de Saudades, no Oeste de Santa Catarina. Outras cinco testemunhas foram intimadas para prestar depoimentos ainda nesta quinta.

O homem de 18 anos que foi preso pelas mortes continua hospitalizado. Ele teve a prisão em flagrante convertida em preventiva pelo Judiciário, ainda na quarta, 5. Segundo o delegado Jerônimo Marçal, ele será interrogado assim que o seu estado de saúde permitir.

Após decisão do Judiciário autorizando a quebra de sigilo de dados, a Polícia Civil também está realizando a extração de dados de dispositivos eletrônicos (computador e pen drive) apreendidos para a investigação. “Os investigadores da Polícia Civil estão debruçados fazendo varreduras nos dispositivos apreendidos para angariar mais elementos de interesse da investigação e esclarecer ao máximo possível esse crime horrendo”, afirmou o delegado.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.