Vereadora critica sessões online na Câmara de Brusque

MArlina Brusque
Foto: Reprodução
tag saúde brusque

Em vídeo publicado nas redes sociais, a vereadora Marlina Oliveira Schiessl (PT) teceu duras críticas ao formato em que estão ocorrendo as sessões do legislativo brusquense, que passou de presencial para online.

De acordo com ela, há um entendimento por parte da Câmara Municipal que não se pode realizar reunião conforme decreto emitido pelo governo de SC que proíbe reuniões presenciais, porém a vereadora argumenta ” que a atitude é incoerente porque os 15 vereadores ocupam um espaço extremamente grande onde é possível manter o distanciamento social, onde é possível fazer uso dos equipamentos de segurança e ter que fazer sessão online. Moralmente falando não tem sentido”, avalia.

Marlina também faz uma comparação com os profissionais da educação que estão trabalhando normalmente. ” Na quarta-feira nós perdemos uma servidora da educação para a Covid e hoje todas as suas colegas tiveram que voltar ao trabalho. Já estão desde às 7h da manhã recebendo o seus alunos em espaço infinitamente menor do que a Câmara por tempo infinitamente maior do que os vereadores passam em uma reunião que deve durar até três horas. Ora, os vereadores precisam estar seguros, não podem fazer reunião presencial, agora, educadores podem estar em suas salas de aula, atuando? Qual a diferença entre a segurança dos vereadores e a segurança dos educadores?”, questiona a parlamentar.

Publicidade

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.
Olhar do Vale

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.