“Diz que Foi Verdade”: Produção brusquense tem estreia prevista para abril

Equipe reunida pós gravação - Carlos A. Matins, K'roll Oliveira, Luciano Mafra, José Luiz Day, Alessandro Vieira e Roner Lucas. Foto: Divulgação.
tag saúde brusque

O Trama Grupo de Teatro, de Brusque, tem se dedicado à execução de seu mais novo projeto: a websérie “Diz que Foi Verdade”, viabilizada por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei nº 14.017/2020) no município. O trabalho dirigido por K’roll Oliveira terá quatro capítulos e tem estreia confirmada para abril deste ano, no canal youtube.com/tramagrupodeteatro. O acesso ao conteúdo, voltado ao público jovem e adulto, será gratuito.

                Dois episódios a terem as filmagens concluídas recentemente são “Diz que Foi Verdade, o Fogo Consumiu”, de Luís Henrique Petermann, e “Diz que Foi Verdade, a Vida Sumiu”, de Roner Lucas. Habituados à interpretação para o palco e o contato direto com o público – os atores integraram os elencos de Ao Som dos Teares (2016) e de Fanny, A Rainha da Cidade (2019), entre outros -, eles se aventuraram agora a criar histórias que serão contadas pelo olhar da câmera e via internet. 

                Petermann confeccionou quase todo o cenário, as personagens e os objetos cênicos de seu capítulo em papel: “A técnica oriental do origami presente aqui vem do meu interesse de longa data por essa cultura e por inúmeros momentos durante a pandemia ter feito uso dela quase que de forma terapêutica. As colagens foram uma surpresa positiva, tendo em vista que artisticamente é a primeira vez que as utilizo como forma de expressar uma ideia”, relata o artista.

Publicidade

                Lucas, por sua vez, desafiou-se nas técnicas do teatro de sombras para sustentar sua história: “Como ator-criador, não tive apenas que manipular objetos na frente de uma luz, mas também tive que criá-los. Aí está o grande desafio, como pensar na medida desses objetos, na distância entre a luz e a parede, na captação da câmera. O resultado está lindo e me deixa muito orgulhoso”, declara.

Matéria-prima                

K’roll explica que o período decorrido desde a chegada da pandemia de Covid-19 ao Brasil foi determinante para a escolha das temáticas exploradas na websérie. Segundo a diretora, os episódios dialogam entre si e com problemáticas sociais – tais como as experiências de isolamento social -, e ambientais contemporâneas, como as queimadas que atingem diferentes ecossistemas. Nesse contexto, desabafos pessoais e coletivos do elenco serviram de matéria-prima para o processo criativo. 

                “É um convite para o público pensar sobre esses temas. Lembrando que a gente é um grupo de teatro e se aproximou da linguagem audiovisual devido à pandemia. Então, tem esse encontro das áreas, dos estilos, o que transforma tudo isso num acontecimento muito bonito de ser acompanhado”, revela a paranaense formada em Artes Dramáticas – Ator Cênico pelo Colégio Estadual Senador Corrêa, de Ponta Grossa, e em Artes Cênicas pela Faculdade de Artes do Paraná (FAP/Unespar), de Curitiba.

                Para ela, o mérito da iniciativa está na resiliência dos profissionais envolvidos: “Mesmo num ano difícil, um ano pandêmico, nós artistas conseguimos nos expressar. Mesmo a gente tendo vindo do teatro, a gente traz essa carga, essa experiência teatral, mas acaba fazendo um projeto audiovisual do qual a gente está muito orgulhoso e ansioso para compartilhar com o público e poder continuar próximos do público, mesmo tendo que estar afastado. Diz que Foi Verdade é um projeto de muita importância e de muito orgulho para o Trama Grupo de Teatro”.

Confira as sinopses dos episódios citados na matéria:

                Diz que Foi Verdade, o Fogo Consumiu (de Luís Henrique Petermann) – Cansados de serem descartados e tratados feito bolas de papel, os animais de uma determinada floresta marcham em direção a uma cidade futurista, levando consigo o elemento fogo.

                Diz que Foi Verdade, a Vida Sumiu (de Roner Lucas) – Onde antes havia árvores, agora há cimento. Suas sombras se transformaram em silhuetas sem vida e sem movimento. Mas uma árvore permaneceu de pé!

Websérie Diz que Foi Verdade – Ficha Técnica

Direção: K’roll Oliveira.

Elenco: Janaina Garcia, Luciano Mafra, Luís Henrique Petermann, Roner Lucas.

Fotografia e design gráfico: José Luiz Day.

Trilha sonora original: João Guilherme Schaefer Minatti.

Captação, edição e finalização de imagens: Griô Filmes.

Assessoria de Imprensa: Talita Garcia.

Realização: Trama Grupo de Teatro.

Patrocínio: Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei nº 14.017/2020) no Município de Brusque.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.
Olhar do Vale

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.