“Não me chamou para nada”, afirma pré-candidato Nene Colombi sobre administração Alcir em Botuverá

Foto: Anderson Vieira/Olhar do Vale

Ex-prefeito de Botuverá por dois mandatos e atual Coordenador da Regional do Vale da Secretaria de Infraestrutura do Governo de SC, José Luiz Colombi, o Nene (MDB) colocou novamente seu nome a disposição do partido como pré-candidato a prefeito. Desta vez, o MDB deve se coligar com o PL, já que membros do partido migraram para a sigla Bolsonarista para fazer a composição. É aí que surge o nome do presidente da Câmara Municipal, Alesc Venzon, como possível vice. O Olhar do Vale conversou com Colombi, de 61 anos, sobre as Eleições 2024. Acompanhe a entrevista:

Olhar do Vale: Sobre essa sua pré-candidatura, você deve ser mesmo o nome do MDB em relação à disputa?
Nene Colombi: Sim, eu sou pré-candidato. Estou definido já. O Alcir definiu não ser mais candidato. Foi difícil, porque eu estou numa função hoje que eu consigo ajudar mais a região do que como prefeito. Mas como não teve outros nomes, ninguém se prontificou a ser. E também fizemos uma pesquisa. Aí a gente aceitou o pedido do secretário.

Publicidade


Olhar do Vale: Você se refere ao Secretário de Infraestrutura Jerry Comper?

Nene Colombi: Sim. Eu sempre falei, né? O pessoal me perguntava, mas eu sou grato ao secretário Jerry pela oportunidade que ele me deu. Então, eu aceitei ser pré-candidato. Tenho respeito por ele, e também para não deixar Botuverá parar. Ter continuidade com o nosso projeto do MDB. Fizemos uma coligação com o PL também, para fazer uma parceria e dar continuidade a todos os projetos que temos ali. Fiquei oito anos, o Alcir tocou, mas muita coisa ainda falta para fazer e vamos estar fazendo. A gente conhece o município, conhece as demandas, a gente conhece também que Botuverá é um município pequeno. Na minha visão,temos que novamente colocar Botuverá na visão regional.


Olhar do Vale: Inclusive, alguns membros do MDB migraram para o PL…
Nene Colombi:
É. Alguns do MDB foram para o PL exatamente para fazer uma parceria. Por isso que nós vamos estar juntos, em um projeto para a gente conseguir governar da melhor maneira possível.


Olhar do Vale: E como é que você vê a administração do Alcir?
Nene Colombi: Bom, a administração do Alcir, a gente vê boa, foi bastante obra, mas ele nunca me chamou para nada, isso eu achei estranho, mas eles fizeram a parte deles, fizeram a administração, não vai para a reeleição, então o nosso dever agora, a nossa ação é trabalhar para ganhar a eleição e continuar o trabalho.

Olhar do Vale: O fato de você comentar que a atual administração não te chamou, como um prefeito experiente que você foi, dois mandatos e podendo ter essa possibilidade de dar conselhos. Fica uma mágoa com o atual prefeito, com a atual administração em função disso?
Nene Colombi: Não vejo como uma mágoa. Não seria uma mágoa, mas é o jeito de administrar. Então eu acho que isso não posso questionar, mas por não ter me chamado é uma opção deles, foi uma opção deles. E agora como eles não são mais candidatos a gente tá ali e vamos fazer de tudo para ganhar a eleição e continuar o trabalho.

Olhar do Vale: Como é que você vê esse possível confronto, no bom sentido, como Alex Tachini, que é também pré-candidato a prefeito de Botuverá pelo Progressistas?

Nene Colombi: O Alex é meu amigo, eu conheço ele, foi meu funcionário na Cresol, ele era do MDB. Quando eu fui prefeito, ele foi vereador e ele vai fazer a parte dele e nós vamos fazer a nossa. Vai ser uma disputa normal, é a população quem vai escolher. O que eu posso dizer é que isso é bom porque a população tem opções, não tem muito o que falar disso.


Olhar do Vale: O que precisa ser feito em Botuverá?
Nene Colombi: Eu assumi a prefeitura lá em 2013, a gente percebeu que em Botuverá faltava organização. A gente conseguiu organizar o município, hoje o município de Botuverá já está organizado. Ele está inserido em todos os programas. O que falta fazer? Eu acho que sempre tem o que fazer. Na minha visão, o que o povo precisa hoje é de atenção. O povo precisa, aonde for, não é que não esteja acontecendo, na saúde, no atendimento humanizado em todas as secretarias. Eu acho que a equipe hoje, é um desafio ter uma equipe comprometida com a população. Eu acho que isso todos os municípios, toda a população procura um bom atendimento. A prefeitura é um local onde as pessoas procuram quando têm dificuldade. E uma coisa importante é fazer reuniões, esclarecer à população como é que hoje funciona a máquina pública. Com a internet hoje existe muita desinformação e o que a população precisa é ser informada, informada dos serviços públicos, do que pode e do que não pode. Acho que as obras são complementares, mas uma prefeitura hoje, prefeitos, secretários, inclusive vereadores, têm que olhar as necessidades da população, que às vezes não são muitas, mas escutar as pessoas e dar atenção, não só ao prefeito. Aí tem que começar pelo gabinete, vai para as secretarias, funcionários concursados, funcionários comissionados, para que eles consigam fazer um atendimento à população que busca porque ela tem necessidade. É uma questão muito delicada que tem que ser aprimorada.



Olhar do Vale: Bom, seu pré a vice vem do PL, provavelmente o presidente da Câmara, o Alesc Venzon, deve ser o seu vice. O que tu acha dessa dobradinha?
Nene Colombi: Se confirmar, eu vejo uma pessoa, conheço o Alesc, uma pessoa comprometida, uma pessoa que dá atenção às pessoas, ele foi duas vezes, o que é difícil de ser, o vereador mais votado do município. Eu tenho certeza que vai estar presente e vai ajudar a dar continuidade nos trabalhos.


Olhar do Vale: A estrutura hoje, não falo em pessoas, falo em cargos. A estrutura hoje da prefeitura sofreria uma modificação caso o seu nome venha ser confirmado como candidato e você venha a ser eleito?
Nene Colombi:
O MDB está no poder há 12 anos, é bastante. Tem que ser feita uma análise e com certeza vai ter mudanças. Nós precisamos renovar um pouco, né? E ainda não sabemos como, mas a própria população cobra isso. Então, precisa ter motivação. Talvez olhar com carinho a equipe e fazer as mudanças necessárias. Com certeza, algumas coisas têm que ser reformuladas. E cada prefeito tem a sua maneira de administrar. Eu tenho a minha maneira também, mas é sempre voltado ao bom entendimento.


Olhar do Vale: Bom, esse tempo todo que o MDB está no governo, já está há bastante tempo. Isso preocupa na hora da eleição em relação até ao próprio eleitor talvez ter uma vontade de mudar ou não? Isso não é uma preocupação na tua visão?
Nene Colombi: O que que acontece: doze anos, muito tempo, Isso mostra que o MDB sabe administrar. E a nossa população, ela sabe que, às vezes, a mudança tem que ser para melhor. Não digo que se o MDB perder, vai ser para pior, não é isso. O MDB está ali porque a população escolheu. O desgaste existe, isso que você falou da equipe, sempre existe o desgaste, mas a população sabe que uma mudança, as mudanças em Botuverá já foram feitas e a população avalia e avaliou e botou o PMDB de volta. Já estamos 12 anos, então a gente sente que a nossa população, a população de Botuverá, ela sabe olhar, ela sabe escolher o melhor candidato. Esperamos que seja dessa forma ainda na eleição agora que virá, porque eles sabem que nós vamos administrar com responsabilidade e dar toda a atenção que a população precisa. Eu acho que a nossa saída de ingresso no Estado também contribuiu. Estou falando não do meu nome, do Nene, mas do próprio secretário Jerry, onde nunca teve uma Secretaria de infraestrutura aqui da região. Se nós olharmos um pouco as obras que nós estamos ali em andamento, o que vai ser executado aqui na nossa região, principalmente nas rodovias, 486, 108. Também, eu acho que é um ponto positivo, né, de a gente ter saído de Botuverá e ter ingressado no Estado, até para que as pessoas vejam o trabalho. Todas as cobranças da Associação Comercial estão voltadas para a região e, dentro da infraestrutura como coordenador, conseguimos mexer um pouco com isso e algumas obras que estavam sendo cobradas há vários anos estão saindo do papel. A gente tem um conhecimento muito grande, eu acho que isso é importante também, um pouco a população de Botuverá também consegue enxergar isso e eu sempre fui persistente. O pessoal diz “Ah, o Nene ele é bravo”, não, eu não sou, eu gosto que as coisas funcionem. Então para você ter uma boa administração, você tem que ter parceiros, no Estado, na União e contatos, para conseguir administrar. Esse é o ponto que a população sempre olhou e eu tenho certeza que vai olhar agora na próxima eleição.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.