Blumenau segue com agendamento aberto para vacinação contra a Covid-19

Foto: Gabrieli Kohler

A Prefeitura de Blumenau segue com agendamento aberto para que pessoas com comorbidades acima de 50 anos, pessoas com deficiência permanente acima dos 50 anos, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) ambas acima dos 18 anos e idosos acima de 60 anos, possam receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19. São cerca de 2,9 mil vagas para vacinação ainda neste domingo e segunda-feira, dias 9 e 10, no Parque Vila Germânica.  

O agendamento deve ser feito no site da Prefeitura de Blumenau, pelo link bit.ly/VacinaBlumenau e também pelo Alô Saúde, no telefone 156 (opção 2) que terá atendimento até às 17h. Somente serão vacinados aqueles usuários com agendamento. É importante ficar atento as informações do agendamento para não faltar à data prevista para a vacina. Após receber a primeira dose da vacina, ao final do atendimento automaticamente o sistema agenda o retorno para ser feita a segunda dose, dentro do prazo adequado.

  Acesso à aplicação da vacina

Publicidadelm MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO BRUSQUE

A orientação é para que os usuários cheguem com até 15 minutos de antecedência ao Parque Vila Germânica para apresentar a documentação comprobatória junto com o documento de identidade e carteira de vacinação. Não é necessário chegar com mais antecedência para evitar aglomerações. Os usuários podem acessar o Setor 1 entrando pela Rua Alberto Stein, utilizando o estacionamento dentro do Parque Vila Germânica. O espaço conta com cadeiras de rodas para auxiliar no deslocamento. Pessoas com mobilidade reduzida podem acessar a Central de Vacinação pela Rua Itapiranga, que foi sinalizada pela Seterb. Neste caso, a vacina é aplicada sem que o usuário precise desembarcar do veículo.

 Confira os públicos e a documentação necessária para vacinação:


Pessoas com Deficiência Permanente acima de 50 anos: Atestado ou declaração médica ou  documentos comprobatórios de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas no atendimento de pessoas com deficiência ou documento oficial de identidade com a indicação da deficiência, ou ainda Carteira de Transporte Público.


Pessoas com comorbidades acima de  50 anos: Atestado ou declaração médica que comprove a condição de risco (comorbidade).

Gestantes acima de 18 anos: Carteira de pré-natal ou exame comprobatório da gravidez.


Puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) acima de 18 anos: Declaração de Nascimento da criança ou Certidão de Nascimento da criança.

Idosos acima dos 60 anos: Documento de identificação.  

Confira a lista de comorbidades da terceira etapa da Campanha de Vacinação Contra a Covid-19:

• Diabetes mellitus• Pneumopatias crônicas graves• Hipertensão arterial resistente (HAR)• Hipertensão arterial estágio 3• Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade• Insuficiência cardíaca (IC)• Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar• Cardiopatia hipertensiva• Síndromes coronarianas• Valvopatias• Miocardites e Pericardiopatias• Doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas• Arritmias cardíacas• Cardiopatias congênita no adulto• Prótese valvares e dispositivos cardíacos implantados• Doença cerebrovascular• Doença renal crônica• Imunossuprimidos• Hemoglobinopatias graves• Obesidade mórbida• Cirrose hepática

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.