Unifebe Vargas Neni TEVAH

Quebra de decoro: Comissão de Ética se reúne amanhã para analisar denúncia contra ex-governistas

Em pauta, estarão os andamentos do processo disciplinar instaurado diante do caso;

Fotos: divulgação - Arte: ODV -

Fotos: divulgação – Arte: ODV –

Os integrantes da Comissão Especial de Ética e Decoro Parlamentar formada para analisar denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), arquivada em abril, contra a vereadora Marli Leandro (PT) e os suplentes Felipe Belotto (PT) e Celio de Souza (PMDB), reúnem-se nesta sexta-feira, 20, às 16h, no plenário da Câmara Municipal. Em pauta, estarão os andamentos do processo disciplinar instaurado diante do caso.

São membros da comissão especial os vereadores Edson Rubem Müller, o Pipoca (PP), como presidente, José Isaias Vechi (PT), relator, Norberto João Maestri (PMDB), o Kito, Valmir Ludvig (PT), e Claudemir Duarte, o Tuta (PT). O suplente é Celso Emydio da Silva (DEM).
No resumo da denúncia do MPSC, constam trechos do depoimento de Íria Boni de Mello à Justiça, no qual a testemunha cita, além de Marli, Souza e Belotto como vereadores que teriam tentado corrompê-la nos desdobramentos da desapropriação de um terreno, em 2011, pelo Samae. A punição mais grave a que ficam sujeitos os parlamentares, após as análises da respectiva comissão especial, é a cassação do mandato.
por Câmara de Brusque

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.