Unifebe Vargas Neni TEVAH

Hidrossemeadura na recuperação de áreas degradadas em Guabiruba

momento dos trabalhos de hidrossemeadura

A Prefeitura de Guabiruba tem utilizado o processo de hidrossemeadura para recuperar a vegetação de áreas degradadas, principalmente em trechos às margens de vias públicas. As maiores áreas que receberam as sementes com fertilizantes, massa orgânica, corretivos de solo e água a jato foram as localizadas nos acessos a Guabiruba por Brusque pelos bairros São Pedro e Imigrantes e nos terrenos públicos da rua Arthur Baumgartner, nas imediações da Unidade Básica de Saúde do Imigrantes.

O secretário de Planejamento Urbano e Infraestrutura de Guabiruba, engenheiro civil William Inacio Schlindwein, explica que as sementes e o adubo são lançados ao solo por um jato de alta pressão com sistema mecanizado do caminhão. “A hidrossemeadura forma uma camada protetora de combate à erosão na superfície do solo e é utilizada em encostas. A aplicação é rápida e o resultado também”, pontua.

Ele ainda destaca como vantagens o revestimento leve que não oferece sobrecarga, controle de deslizamentos, beleza natural, baixo custo para aplicar e manter.

Nos últimos meses foram aplicados em Guabiruba 1.470m² de hidrossemeadura, sendo 1.170 m² na rua São Pedro e 300m² na rua Arthur Baumgartner. O investimento foi de aproximadamente R$ 4 mil.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.