Unifebe Vargas Câmara

OSBr pressiona prefeito de Brusque a não nomear vereadores para cargos do Executivo

Ofício foi protocolado junto ao gabinete do prefeito na tarde de quarta-feira, 24 de maio

Diante do resultado da votação que rejeitou o Projeto de Emenda à Lei Orgânica 1/2017, durante sessão legislativa brusquense, na noite de terça-feira, 23 de maio, o Observatório Social de Brusque, decidiu enviar um ofício ao prefeito Jonas Paegle.
A proposta que previa a proibição para vereador ocupar cargo comissionado na Administração Municipal, recebeu votos contrários dos parlamentares Ademilson Gamba (Nino), Celso Carlos Emydio da Silva, Deivis da Silva, Joaquim Costa (Manico), Leonardo Schmitz, Nilson Pereira e Rogério dos Santos.
Considerando que a decisão contraria a vontade da maioria da população brusquense, o OSBr resolveu apelar ao prefeito, para que respeite os anseios da comunidade. “A votação do projeto foi uma decepção, pois alguns vereadores ignoraram a vontade popular. Então, esperamos que pelo menos o prefeito, cumpra sua palavra e não permita que nenhum vereador assuma cargos no Executivo, para acabar com a moeda de troca da velha política. Queremos uma nova forma de fazer política e acreditamos que com pequenas atitudes como essa, é possível moralizar a política”, salienta o diretor executivo do Observatório Social, Evandro Gevaerd.
No documento protocolado junto ao gabinete do prefeito, na tarde de quarta-feira, 24 de maio, o OSBr solicita uma atitude enérgica de Jonas Paegle. “Esperamos que o prefeito seja fiel à sua convicção, não cedendo aos partidos políticos, que por motivos corporativos, contrários aos interesses públicos, querem que mais vereadores assumam cargos no Executivo. Esse apelo é por amor à Brusque e por acreditarmos que é possível destruir práticas que queiram apenas beneficiar políticos e seus partidos”, descreve o ofício.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.