Unifebe Brusque Vargas Têxtil

UNIFEBE inaugura novo espaço de assistência jurídica comunitária

O NPJ e O CEJUSC contam com espaço amplo e adequado para atender as demandas do município

DSC00852

Descerramento da Placa do NPJ –

O Centro Universitário de Brusque inaugurou na tarde desta quinta, 10, o novo espaço do Núcleo de Práticas Jurídicas – NPJ, juntamente com o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania – Cejusc. Participaram do evento o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Nelson Schaefer Martins, o vice-reitor da UNIFEBE Alessandro Fazzino, o prefeito Roberto Prudêncio Neto e demais autoridades.

O novo prédio do Núcleo recebeu o nome do Professor Eroni José Salles, por conta dos serviços prestados a comunidade brusquense. O espaço conta com sala de recepção, dois escritórios de atendimento e uma sala de conciliação e de mediação familiar pré-processuais, com a atuação de mediadores e conciliadores e supervisionados pela professora Ana Lúcia Martins Machado.

A Coordenadora do NPJ, professora Adriana Bina da Silveira explica que a instalação do Cejusc já é uma demanda do ano passado, e que esse ano foi possível firmar o convênio nº 019/2014 e termo aditivo “Agora nós temos um ambiente próprio com escritórios tanto para o Cejusc, quanto para a assistência judiciária gratuita, o que beneficia diretamente as comunidades carentes”, falou a Coordenadora.

A desembargadora Cíntia Beatriz Schaefer, subcoordenadora do Conselho Gestor de Juizados Especiais do TJ, e parceira importante neste convênio com a UNIFEBE, contou ao olhar do vale sobre a importância deste projeto “Se pretende adotar uma cultura de paz, que as pessoas venham procurar assistência jurídica, mas que possam resolver os conflitos de forma amigável”, explica a desembargadora

Serviços à comunidade

Assistência Judiciária: de segunda à quinta-feira das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. Podem usufruir do benefício pessoas com renda familiar até três salários mínimos e que estejam dentro dos requisitos estabelecidos na Resolução n° 15/2014 da Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina; Mediação Familiar: Sexta-feira das 13h30 às 17h30; Conciliação em causas voltadas ao Juizado Especial: de segunda à sexta-feira das 13h30 às 17h30.

Texto e Fotos: Fernanda de Freitas

 

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.