Unifebe Vargas TEVAH

Prefeitura de Brusque gasta R$ 75,6 mil em assinaturas de jornal local

Empenhos para pagamento foram realizados no mês de junho.

portaldatransparencia03A prefeitura de Brusque vai realizar o pagamento de R$ 75.600 provenientes da assinatura de um jornal local. A informação está detalhada no portal da transparência, site, que por lei, mostra as ações realizadas pela prefeitura.  De acordo com o portal, no dia 24/06/2014 foi empenhado para pagamento da Secretaria de Comunicação Social a assinatura do jornal para a distribuição em todas as unidades básicas de saúde, centro de serviços em saúde, CEO, policlínicas entre outros conforme contrato realizado entre a prefeitura e o jornal, no valor de R$ 37.800.

portaldatransparencia02

No dia seguinte (25/06/2014) um novo empenho foi realizado. Desta vez o órgão responsável é a Secretaria Municipal de Educação. Da mesma forma, o documento diz que é para assinatura de periódicos e anuidades e o histórico relata que foi realizada a assinatura de jornal acompanhada  de suplemento com um encarte de veiculação mensal intitulado dia a dia no município, para a distribuição em toda rede de ensino. Também  no valor de R$ 37.800.

Totalizando os dois empenhos que ocorreram em junho. Só de assinaturas, o periódico vai receber R$ 75,6 mil.

De acordo com informações da prefeitura de Brusque, o município possui 26 escolas de ensino fundamental na rede municipal incluindo a escola de Educação de Jovens e Adultos (EJA) E 21 unidades de saúde. Uma assinatura do jornal anual custa em média para pagamento à vista R$ 280.

A reportagem do Olhar do Vale entrou em contato com a Secretaria de Comunicação e a telefonista informou que o Secretário de Comunicação Leandro Maçaneiro, o Didi, só iria receber a reportagem pessoalmente na quarta-feira da semana que vem, dia 23 de julho para se manifestar a respeito. Informamos que a matéria sairia hoje e até o fechamento da matéria não recebemos retorno do Secretário.

Em contato com o Observatório Social, entidade que fiscaliza as ações do executivo e legislativo, o diretor executivo do órgão Evandro Gevaerd disse que vai pedir uma justificativa do poder público em relação a este fato.

 

 

Por Anderson Vieira

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.