Unifebe Vargas

Novo telhado da Sala de Instrução do Tiro de Guerra será finalizado em março

Para a conclusão da obra do Tiro de Guerra fez-se necessário a doação da maioria dos utensílios necessários;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – Em reunião realizada na última semana, no Tiro de Guerra 05-005, foi definida a nova cobertura que será implantada em alguns setores do TG. A estrutura metálica de 380m² cobrirá a sala de instrução e área anexa, compreendendo o vestiário e o toalete da unidade militar. A intenção é que a obra seja implantada até 30 de março.

O encontrou contou com um dos apoiadores da ação, o subtenente Tomaz Jacinto Rodrigues, comandante do TG 05-005, e o diretor-geral da Defesa Civil de Brusque, Paulo Vendelino Kons, que é idealizador da campanha de reconstrução.

Kons relata que no mês de janeiro último realizou visita ao Tiro de Guerra e lá constatou a total falta de condições para a instrução dos atiradores brusquenses. Em reunião com o prefeito Jonas Paegle e a área técnica da Prefeitura, foi identificada a falta de recursos para a imediata reforma do local pela municipalidade. Na oportunidade lançou a proposta da Campanha de Reconstrução, que foi aprovada.

O historiador destaca que o “estado atual da infra estrutura da parte técnica e de formação do Tiro de Guerra poderia implicar na suspensão das atividades e, mesmo, o fechamento da singular escola de civismo e cidadania, que há mais de um século marca a gente brusquense”. Kons lembra que nos próximos meses o comandante da 5ª. Região Militar, general de brigada Carlos Alberto Mansur, estará inspecionando o TG”. Enfatizou que “caso não conseguíssemos reverter o dramático estado em que se encontra parte de suas instalações, seria provável que o General determinasse a suspensão das atividades, o primeiro passo para o encerramento definitivo”.

Doações de materiais

Buscando outros colaboradores para a conclusão da reforma, Paulo Kons também reuniu-se com o coordenador do Núcleo das Construtoras da ACIBr, empresário Valter Orlandi.

Para a conclusão da obra do Tiro de Guerra faz-se necessário a doação da parte elétrica, hidráulica, as esquadrias e soleiras das janelas, pintura e forro, dentre outros itens faltantes, por terminar ou por refazer. Kons esclarece que “não solicitamos dinheiro, apenas os materiais necessários para a reconstrução de parte das instalações do nosso Tiro de Guerra”.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.