Unifebe Vargas Neni TEVAH

“Nós já imaginaríamos que o jogo seria dessa forma”, disse Campos sobre bombardeio brusquense

Técnico creditou o placar tido como minúscolo à defesa do Bec e à atuação do goleiro adversário;

Foto: Wilson Schmidt Junior -

Foto: Wilson Schmidt Junior –

Brusque“Nós já imaginaríamos que o jogo seria dessa forma. O adversário mais preocupado em se defender e a equipe do Brusque mais objetiva na busca dos gols. E foi o que aconteceu no jogo”, disse o técnico Leandro Campos, em entrevista após a partida da noite desta quarta-feira (24), contra o Blumenau Esporte Clube (Bec). Mais uma vitória no campeonato (2 x 0), a terceira em quatro rodadas, serviu para colocar o BFC bem próximo da primeira colocação na tabela da segundona do catarinense.

Para o professor, a postura muito precavida do Bec em relação a defesa, aliado com a atuação de gala do goleiro João Guilherme, foi crucial para que o placar não se ampliasse em favor do Brusque, já que foram várias as chances perdidas e defesas milagrosas do arqueiro adversário. “Cria-se uma dificuldade maior de infiltração na defesa adversária. Mas de qualquer forma, nós criamos por cima oito chances reais de gol. Bolas que nós até considerávamos dentro da rede”, avaliou.

Apesar de concordar que o time poderia ter aplicado mais gols sobre a equipe blumenauense, Campos soube valorizar os dois tentos convertidos, que colocaram o BFC em posição confortável na tabela.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.