Vereadores debatem erosões nas margens da Beira-rio

Foto: Divulgação

Na sessão da Câmara desta terça-feira (17), o vereador Marcos Deichmann (PATRIOTA) apresentou sua preocupação com as erosões que estão ocorrendo nas margens da Beira-rio, em Brusque, após as fortes chuvas das últimas semanas.

Marcos ressalta que precisa ser efetuado um estudo profundo com profissionais da área para que possa ser realizada uma contenção nestas áreas. Na sua opinião, o plantio de árvores nas margens seria o plano mais viável para impedir essas erosões. “Além de agregar com o paisagismo da cidade, é uma área que pode se tornar cartão postal futuramente”, cita o vereador.

Ele deseja que esse plantio de árvores seja feito de forma correta e sem afetar a principal função da Beira Rio, que é o escoamento de água, para que a cidade de Brusque não sofra mais com enchentes.

Publicidade

“Na medida que for surgindo estas erosões, futuramente, o município terá que gastar milhões para consertá-las”, afirma.

Por outro lado, o vereador Nik Imhof (MDB) rebate a ideia do vereador Marcos Deichmann e afirma que o plantio de árvores vai contra a principal função da Beira Rio que é ser o canal extravasor durante cheias.

No seu ponto de vista, a melhor solução técnica para a contenção das erosões é o enrocamento de rocha convencional. “Quando a Beira Rio foi projetada, foi projetada sem árvores para cumprir sua principal tarefa, que é garantir velocidade, escoamento e fluidez de água”, frisa o vereador.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.