UNIFEBE inaugura bloco com mais de 3,4 mil m² 

unifebe
Foto: Divulgação

Um novo bloco, com três pavimentos e mais de 3,4 mil m² foi entregue nesta quinta-feira (20), à comunidade acadêmica do Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE). A solenidade de inauguração reuniu autoridades, membros da família do homenageado, professores e estudantes no campus Santa Terezinha. O Bloco H ou Doutor José Celso Bonatelli leva o nome do médico, ex-prefeito de Brusque e grande incentivador da Fundação Educacional de Brusque – FEBE.

A construção do novo bloco foi iniciada pela UNIFEBE em 2023. A obra foi concluída menos de um ano depois e executada com recursos próprios da Fundação. “Nossa preocupação era em disponibilizar essa infraestrutura à comunidade acadêmica ainda este ano, que o nosso campus acompanhasse o verdadeiro crescimento da nossa instituição”, explicou o vice-reitor e pró-reitor de Administração, professor Sergio Rubens Fantini.

Com salas de aula, espaço de convivência para toda a comunidade acadêmica, recepção, salas de atendimento e sala de professores e coordenadores, o Bloco H está conectado ao Bloco da Saúde – Bloco F. O térreo do Bloco, destinado aos estudantes da área da Saúde, abrigará também a Clínica Escola do curso de Fisioterapia, um laboratório para o aprendizado e prática clínica.

IMG-1487
Publicidade

“É fundamental destacar que, assim como nos demais ambientes do campus, a acessibilidade foi uma prioridade em todo o projeto do edifício. Além disso, cada pavimento foi cuidadosamente planejado para otimizar a experiência de aprendizagem dos alunos”, salientou o arquiteto responsável pela obra, Karol Carminatti.

Logo na entrada, a escultura “O Menino Curioso”, de Vilson Alves dos Santos, simboliza a curiosidade e a busca incessante pelo conhecimento. A obra criada em 2003, durante o Simpósio Internacional de Escultura, em Brusque, revela no mármore um menino escalando a pedra, na tentativa de descobrir o que há do outro lado. O artista e convidado também prestigiou o evento.

O vice-prefeito de Brusque, André Batisti, no ato representando o poder público municipal, parabenizou a UNIFEBE pelo novo Bloco. “Hoje, quem ganha este novo espaço é Brusque e região, são os serviços de saúde ofertados à população, como nossos hospitais e postos de saúde, pois é daqui que sairão os profissionais mais bem preparados e preocupados com a saúde e bem-estar da comunidade. Fico feliz e orgulhoso com o progresso da nossa UNIFEBE, e eu me incluo nessa fala, pois como brusquense me sinto parte dessa história”, enfatizou Deco.

A Homenagem

Ao lado da filha Gabriela, e demais familiares, a viúva, Elisabeth Bonatelli, acompanhou a homenagem feita pela Fundação Educacional de Brusque a um dos grandes incentivadores do ensino superior no município.

“Que este edifício influencie futuras gerações de médicos e profissionais da área da saúde a trabalhar com a mesma dedicação e compromisso que Celso demonstrou ao longo da sua vida. Seu legado é um exemplo de serviço público e de dedicação à comunidade. No meu nome e de toda a minha família, agradecemos à UNIFEBE por esta bela e significativa homenagem. Que a sua memória continue a servir como guia e inspiração”, frisou Elisabeth.

IMG-1428

O homenageado

José Celso Bonatelli chegou em Brusque em 1971, já formado em Medicina. No município atendeu os trabalhadores dos sindicatos da fiação e tecelagem e empregados do comércio. Atuou no Departamento Autônomo de Saúde Pública e foi médico do trabalho nas empresas Irmãos Zen e Indústrias Renaux S.A. Foi associado e diretor em quatro gestões da Associação Brusquense de Medicina.

Na carreira política atuou como presidente da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí e, em Brusque foi vereador, deputado estadual, prefeito e vice-prefeito. À frente do poder público municipal participou da criação da Festa Nacional do Marreco – Fenarreco, pensada na época para auxiliar na reconstrução da cidade após as enchentes de 1983 e 1984. Doutor José Celso Bonatelli faleceu em Brusque, no dia 10 de agosto de 1999, vítima de câncer.

Na sua fala, a presidente da FEBE e reitora da UNIFEBE, professora Rosemari Glatz, enfatizou o papel de Doutor José Celso Bonatelli, para que a FEBE tivesse sua primeira sede no Centro de Brusque, o antigo anfiteatro. Em 1977, quatro anos após a criação da Instituição, teve início a construção da primeira sede própria da FEBE. No entanto, a obra ficou parada durante vários anos. Foi somente em maio de 1985, na primeira reunião da nova gestão da Escola Superior de Estudos Sociais – ESES, precursora da UNIFEBE, que foram discutidas as possibilidades para a conclusão da construção da nova sede da FEBE. O prefeito da época era o doutor José Celso Bonatelli.

“Além de impulsionar a retomada e a finalização da primeira sede da FEBE, doutor José Celso Bonatelli também integrou o Conselho Administrativo da Fundação e, na sua gestão como prefeito, entre os anos de 1983-1988, contribuiu financeiramente, mensalmente, para que a FEBE se desenvolvesse. O médico e político faleceu em 1999, mas permanece vivo na memória e no coração dos que o conheceram. A sua esperança de um futuro melhor hoje é reconhecida. Assim, num pleito de respeito e gratidão eterna a FEBE, mantenedora da UNIFEBE e do Colégio UNIFEBE, designa seu nome a este novo bloco”, enalteceu professora Rosemari.

IMG-1521

Logo após a bênção ecumênica, feita pelo pastor Claudio Schaefer e pelo padre Rodrigo Laufer, seguido do desenlace da fita inaugural e descerramento da placa, os convidados e toda a comunidade acadêmica conheceram as novas instalações do Bloco H – Doutor José Celso Bonatelli.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.