Serra do Moura encontra-se bloqueada após queda de barreiras

Confira o boletim da Defesa Civil do início de tarde desta quinta-feira (12)


A Defesa Civil de Brusque atendeu um total de 23 ocorrências nas últimas 24 horas. Assim como nos últimos períodos chuvosos, a maior parte deste quantitativo fica por conta dos deslizamentos em residências, somando sete no total.

De acordo com o agente de Defesa Civil, Edevilson Cugiki, o destaque fica por conta dos deslizamentos de terra que ocorrem na Serra do Moura. “Já tinha iniciado na chuva da semana passada. A estrada geral estava bloqueada. Hoje terminou de deslizar, fechando a Serra do Moura. Então, toda a comunidade acima da igreja encontra-se isolada”, confirma o servidor.

Publicidade

A orientação da Defesa Civil é que as máquinas da Secretaria de Obras comecem a retirar o barro apenas após o tempo melhorar, já que há movimentação de terra no local, o que poderia colocar operadores de máquinas pesadas em risco.

Corpo de Bombeiros e Defesa Civil estão à disposição para retirada de moradores, caso necessário.

Em relação às chuvas, o quantitativo das últimas horas superou em grande número o que estava previsto nos modelos meteorológicos para hoje.

Confira os números nas últimas 24 horas:

Vidal Ramos – 89 milímetros
Presidente Nereu – 96 milímetros
Botuverá – 132 milímetros
Brusque – 109 milímetros

Nível do Rio Itajaí Mirim:

Vidal Ramos – Pico em 3,80 metros, às 11h (atualmente em tendência de baixa)
Botuverá – 5,08 metros (ainda em tendência de alta)
Brusque – 6,14 metros (ainda em tendência de alta, com pico de aproximadamente 6,40 metros previsto para às 15h.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.