Santa Catarina tem 17 cidades em situação emergência por causa das chuvas

Foto: DCSC

Entre a noite de ontem, 30 e a manhã de hoje, 01 a precipitação de grandes volumes de chuva deixou estragos em parte de Santa Catarina. Até o momento a região mais atingida foi a da Grande Florianópolis, principalmente nos municípios de Santo Amaro, São José e Palhoça.

Segundo registro dos moradores, desde 1998 a cidade de Santo Amaro não era tão castigada, embora seja uma região passível de alagamentos.

Na área do 10º Batalhão de Bombeiros Militar, (BBM), com sede em São José, estão acionadas as equipes de Força-Tarefa (FT) 10, do próprio batalhão e ainda a 01, do Batalhão de Florianópolis.

Publicidade

Outra área bastante afetada é de São João Batista, com acionamento da FT 13, de Balneário Camboriú, a qual a cidade pertence.

Na região de Tubarão a equipe da Força-Tarefa 08 já foi acionada e atua para atendimento das ocorrências.

Nas últimas 24h a corporação atendeu mais de 220 ocorrências e mais de 350 pessoas atendidas pelo CBMSC.

As ocorrências são principalmente de deslizamentos, alagamentos, vítimas ilhadas, cortes de árvore e retiradas de pessoas em situação de risco.

O pedido da corporação é que as pessoas não se desloquem em áreas alagadas, caso não seja uma situação de urgência.

O último relatório informativo do Grupo de Ações Coordenadas da Defesa Civil (GRAC-DCSC), divulgado às 10 horas, desta quinta-feira, 1º de dezembro, aponta que 17 cidades catarinenses já decretaram situação de emergência por causa das fortes chuvas que atingem o Estado. As cidades são: Araquari, Joinville, São Bento do Sul, Luiz Alves, Corupá, Guaramirim, Rio dos Cedros, Campo Alegre, Santo Amaro da Imperatriz, Benedito Novo, Palhoça, Rancho Queimado, São José, Águas Mornas, Antônio Carlos, Armazém e Anitápolis emitiram decretos de Situação de Emergência. Os municípios de Timbó, São José, Schroeder e Brusque estão providenciando documentos para o decreto.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.