Santa Catarina registrou cinco tornados em novembro

Tornado em Irineopolis- Foto: Divulgação Secom

Santa Catarina registrou cinco tornados no mês de novembro, até a manhã do dia 22. A Defesa Civil confirmou o fenômeno em Cunha Porã no dia 3, em Tubarão no dia 11, em Itá no dia 16, e em Sombrio e Urupema no dia 18. 

Os meteorologistas da Epagri/Ciram explicam que tanto os tornados quanto as chuvas de outubro, que estiveram muito acima da média, estão associados a uma primavera marcada pela atuação do fenômeno El Niño de forte intensidade, responsável nesta estação do ano por manter ativos e intensos os sistemas meteorológicos instáveis no Sul do Brasil.  

Entenda o tornado

Publicidade

“O tornado é uma violenta coluna de ar giratória, em formato de nuvem-funil, que se estende de uma nuvem de tempestade até tocar a superfície do solo”, explica a meteorologista Maria Laura Guimarães Rodrigues. Quando são formados sobre o mar, são chamados de tromba d ‘água. 

De acordo com a meteorologista Gilsânia Cruz, os tornados estão associados à tempestades severas, registradas com frequência em Santa Catarina neste mês de novembro. Ela explica que os tornados resultam de uma supercélula, que são nuvens com intenso desenvolvimento vertical e topo frio. “As supercélulas são fortes tempestades que apresentam rotação, essencial para a formação de um tornado. Elas possuem alto potencial para provocar danos associados a ventos fortes, como destelhamentos, quedas de árvores e danos na rede elétrica”, detalha ela. 

Um tornado é confirmado por uma análise combinada das imagens de radar com fotos e vídeos do local atingido.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.