Santa Catarina está entre os quatro estados brasileiros com maior cobertura vacinal da gripe

gripe
Foto: Ricardo Trida / SECOM

A Campanha de Vacinação contra a Gripe terminou na última sexta-feira, 31 de maio, com baixos índices de imunização em todo o país. Em Santa Catarina, a cobertura vacinal ficou em 44,28%, abaixo da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS), de 90%. Ainda assim, SC obteve bons índices de vacinação durante os dois meses de Campanha em comparação com os demais estados brasileiros, ficando atrás apenas do Piauí (46,18%), da Paraíba (45,58%) e do Alagoas (44,75%). 

No estado catarinense, o grupo com menor adesão à vacinação em SC foi o de puérperas, mães até 45 dias após o parto (24%); seguido pelas gestantes (29%); crianças até 5 anos (37%); idosos (48%) e povos indígenas (54%). 

Em virtude da baixa procura pelas doses, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) reforça que, mesmo com o fim da Campanha, a vacina contra a gripe continua disponível em todos os municípios catarinenses até o fim dos estoques. Isso porque, esses índices de vacinação trazem preocupação para a SES, que tem registrado um aumento do número de internações e mortes causadas pelo agravamento de doenças respiratórias, entre elas a influenza (gripe). 

Publicidade

De janeiro a maio deste ano foram confirmados 729 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza no estado. O número é pouco menos que o dobro do registrado no mesmo período de 2023, quando foram confirmados 403 casos. Deste total de 729, mais da metade dos casos ocorreu em crianças de 0 a 9 anos (303) e em idosos com 60 anos ou mais (243). Com relação às mortes foram 38 de janeiro a maio de 2024, sendo que 76% foram de idosos. 

João Augusto Brancher Fuck, diretor de vigilância epidemiológica (Dive), reforça o pedido para que a população, mesmo com o fim da Campanha, busque os postos de saúde para tomar a vacina contra a gripe. “Especialmente para aquelas pessoas que estão em um dos grupos prioritários, como as crianças, os idosos, as gestantes, entre outros, fica o nosso apelo para que aproveitem a oportunidade antes da chegada do inverno para se vacinar e se proteger da gripe”, ressalta o diretor. 

A Campanha de Vacinação contra a Gripe começou no dia 25 de março em todo o estado de Santa Catarina apenas para a população dos grupos prioritários. No entanto, em decorrência da baixa adesão, no dia 3 de maio, a vacinação foi ampliada para toda a população acima de 6 meses de idade. A vacina é gratuita e está disponível em todos os municípios. 

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.