Frio intenso: Santa Catarina registra a menor temperatura do país, -8,6ºC

Nevou em dez cidades catarinenses, esta quinta-feira (29) será mais um dia de frio intenso em Santa Catarina

Foto: Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

A quinta-feira, 29, deverá ser mais um dia gelado em Santa Catarina. De acordo com o serviço de meteorologia da Epagri/Ciram, o amanhecer teve temperaturas variando entre 0 e 5°C em boa parte das regiões, sendo que, nos pontos mais altos do Planalto Sul.

Em Bom Jardim da Serra as mínimas atingiram -8,6°C. Em Urupema, a mínima foi de -7,41ºC, às 7h, segundo a Epagri/Ciram, órgão que monitora o tempo no Estado. Na cidade de Urubici, fez -6,5ºC.

O meteorologista Marcelo Martins explicou que a chegada da massa de ar seco e frio de origem polar ao Sul do Brasil limpou a atmosfera, favorecendo o céu claro. “Esse fator favorece a perda de radiação que chega durante o dia e se perde durante o período noturno, resultando em temperaturas muito baixas ao amanhecer, onde normalmente ocorre o registro de temperatura mínima do dia”, comentou.

Publicidade

Neve

Nevou em dez cidades em Santa Catarina nesta quarta-feira (28). Na Serra catarinense, turistas e moradores foram para as ruas brincar com os flocos que caíram no fim da tarde e durante a noite.

O registro do fenômeno até as 23h de quarta ocorreu em Curitibanos, Lages, São José do Cerrito, Bom Retiro, Urupema, São Joaquim, Urubici, Campos Novos, Palmeira, Painel, Rio Rufino, Celso Ramos e Fraiburgo.

Rodovias

Duas rodovias estaduais de Santa Catarina foram interditadas nesta manhã de quinta-feira (29) por conta do congelamento de pista. A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) jogou sal nos trechos, para descongelar, mas as temperaturas mais baixas do país em 2021 neste amanhecer dificultam os trabalhos na região.

Um vídeo mostra trechos de congelamento na SC-114, em São Joaquim, na Serra catarinense. Outros locais com pontos de formação de gelo estão sendo monitorados.

Cuidados

Órgãos do Governo do Estado mantêm as orientações de prevenção a turistas e moradores. É fundamental redobrar a atenção com vulneráveis em situação de rua, idosos, crianças e animais. Veja outras recomendações:

– Somente se desloque para as regiões mais frias com a garantia de hospedagem;

– Nas rodovias, fique atento ao risco de gelo na pista;

– No interior das casas, não utilize  churrasqueiras ou latas com fogo, que podem provocar incêndios ou intoxicação por monóxido de carbono;

– Busque orientação técnica para proteger a produção agrícola e pecuária;

– Mantenha-se bem hidratado, agasalhado e não descuide da higienização das mãos e ambientes.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.