Projeto Vozes e Memória leva narração de histórias a Brusque, Guabiruba e Botuverá em agosto

Fotos: Projeto Vozes e Memória/Divulgação

Personagens, costumes e histórias que compõem a memória e a identidade de Brusque, Guabiruba e Botuverá entram em cena no espetáculo de narração de histórias Vozes e Memória, que Lieza Neves, Patrícia Souza e Emiliano de Souza apresentam ao longo do mês de agosto pelo projeto homônimo, nos três municípios. A estreia de nove sessões ocorre no dia 2 de agosto, quarta-feira, às 10h, no CRAS do bairro Limeira. Após a estreia, a montagem segue para outros bairros de Brusque e chega também a Guabiruba e Botuverá (veja a agenda abaixo). A duração aproximada de cada sessão é de 50 minutos. O espetáculo é voltado ao público com 14 anos ou mais, porém, não há restrição de faixa etária. A entrada será gratuita em todos os locais.

A proposta de Lieza, proponente da iniciativa, é enriquecer o trabalho de sua autoria que resultou, em 2020, no site e no canal de vídeos Vozes e Memória. “Buscamos valorizar o patrimônio vivo, que possui memória e produz história: o morador da cidade, guardião muitas vezes invisível de características da localidade e de seu tempo”, afirma. “A memória coletiva e individual é fonte de compreensão do passado, do comportamento de grupos sociais, bem como do tempo presente. Mas as memórias partem com as pessoas quando elas deixam de existir. Seu resgate e o compartilhamento contribui para a formação da identidade, no fortalecimento de raízes e se relaciona com a formação cultural, econômica e social de um povo”, defende a artista.

Contemplado pelo Prêmio Elisabete Anderle de Incentivo à Cultura – Edição 2022, a continuidade do projeto Vozes e Memória é executada com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (Processo 2920/2022).

Publicidade

Museu Virtual e outras ações

Desdobramento de um processo de pesquisa sobre a oralidade, a partir de entrevistas conduzidas por Lieza com pessoas que vivem há mais de 60 anos nas cidades de Brusque, Guabiruba e Botuverá, o projeto contará, ainda, com o lançamento do Museu Virtual do Patrimônio Imaterial de Brusque e Região, marcado para 17 de agosto, no Museu Casa de Brusque. O portal será alimentado com o conteúdo escrito das entrevistas, organizado em quatro temáticas: Causos, Tradições, Personagens e Sabores.

Esses mesmos tópicos orientaram a produção de quatro vídeos inéditos a serem publicados no canal do projeto no Youtube a fim de disseminar conhecimento histórico de forma metafórica e lúdica, por meio do fazer artístico. Será oferecida, também, uma aula online exclusiva para professores, com o objetivo de apresentar a obra e apontar formas de explorar seu conteúdo com os alunos.

Agende-se

Confira o cronograma das sessões de narração de histórias do projeto Vozes e Memória:

02/08 (quarta-feira) – 10h – Centro de Referência de Assistência Social – CRAS do Limeira (bairro Limeira)
03/08 (quinta-feira) – 19h – Sonata Escola de Música (bairro Guarani)
08/08 (terça-feira) – 19h – IFC, Campus Brusque (bairro Jardim Maluche)
09/08 (quarta-feira) – 20h – Barcicleta (bairro Primeiro de Maio)
10/08 (quinta-feira) – 22h – Unifebe (bairro Santa Terezinha)
12/08 (sábado) – 19h – Teatro Casa Amarela (bairro Cedrinho)
14/08 (segunda-feira) – 15h30 – Fundação Cultural de Guabiruba
16/08 (quarta-feira) – 19h – Centro de Convivência de Botuverá
17/08 (quinta-feira) – 19h – Museu Casa de Brusque (bairro São Luiz); seguida do lançamento do Museu Virtual do Patrimônio Imaterial.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.