Procon suspende parcialmente atividades de auto escola em Brusque

Empresa Auto Escola Brusquense é alvo de diversas reclamações sobre não entrega de serviços prometidos


Em razão do aumento significativo de reclamações durante as últimas semanas, o Procon de Brusque instaurou, de ofício, processo administrativo com Decisão Administrativa Cautelar para suspender, de forma parcial, as atividades da Auto Escola Brusquense, situada na rua Augusto Klapoth, bairro Santa Luzia, em Brusque.

Desde esta quarta-feira (12), a empresa encontra-se temporariamente proibida de contrair novos contratos de emissão ou renovação de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), bem como serviços de despachante em geral.

“O descumprimento dessa medida sujeitará a empresa uma multa de R$ 10 mil para cada novo contrato firmado”, explica Volnei Montibeller, diretor-geral do Procon Brusque. “A suspensão deve perdurar até que todas as reclamações pendentes no órgão sejam resolvidas”, continua.

Publicidade

Ainda conforme Montibeller, é importante ressaltar que, antes da medida cautelar, por diversas vezes foram concedidas oportunidades para que a empresa resolvesse todos os imbróglios, o que não ocorreu nos prazos estabelecidos. “Não se percebeu uma melhora. Ao contrário. Aumentaram as reclamações. Fato que culminou na medida mais extrema”, finaliza.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.