Prefeitura de Brusque lança projeto “Adote uma bicicleta”


Com o objetivo de oferecer uma alternativa de transporte sem uso de combustíveis fósseis e assim minimizar o impacto em relação às mudanças climáticas e com intuito de promover a prática de exercícios, a Prefeitura de Brusque, em conjunto com a Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema), lança o projeto “Adote uma bicicleta”, destinado a servidores públicos. A ação é experimental e visa avaliar a funcionalidade do sistema, para possível aplicação no futuro a toda a população da cidade.

A preocupação com as mudanças climáticas tem levado a buscar práticas que contribuam com a sustentabilidade e com a preservação do meio ambiente e de seus recursos naturais. Nesse contexto, para reduzir os níveis de CO2 nas grandes e pequenas cidades ao redor do mundo, o uso da bicicleta como meio de transporte sustentável é cada vez mais incentivado por trazer vantagens para as pessoas, mobilidade e para o planeta, além de contribuir com o meio ambiente. Andar de bicicleta é econômico e também traz benefícios para a saúde e o bem-estar.

Assim sendo, a Prefeitura vai disponibilizar bicicletas (30 tradicionais e 10 elétricas) para os servidores interessados em realizar o seu deslocamento para o ambiente de trabalho pedalando. “Serão 40 selecionados que nessa primeira etapa ficarão com as bicicletas pelo período de três meses”, destaca a responsável pela área de Educação Ambiental da Fundema, Viviane Michele Lemes. As inscrições já estão abertas e ocorrem até o dia 30 de novembro, no setor de Recursos Humanos, no Paço Municipal.

Publicidade

A escolha dos beneficiados, acrescenta Viviane Lemes, vai considerar critérios que envolvem a idade, tipo de locomoção já utilizado, distanciamento percorrido, remuneração, tempo de prefeitura e tipo de contrato do servidor.

O projeto “Adote uma bicicleta” visa também alcançar metas da Agenda 2030, que traz entre seus objetivos:

ODS 13 – Ação contra a mudança global do clima: tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos.

ODS 11 – Cidades e comunidades sustentáveis: tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

ODS 12 – Consumo e produção responsáveis: assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

ODS 3 – Saúde e bem-estar: assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.

ODS 17 – Parcerias e meios de implementação: fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.