Polícia Civil indicia pai por crime de tortura a criança de cinco anos em Brusque


A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Brusque concluiu um inquérito policial no qual se investigavam suspeitas de agressões a uma criança de 5 anos.

De acordo com as denúncias, a criança estaria sendo agredida pelo pai em diversas ocasiões. Realizadas as perícias, restou comprovado que a vítima estava com lesões na orelha, olhos, pernas, boca, cabeça e região genital, havendo inclusive indícios de que o suspeito teria apagado um cigarro no rosto da criança.

Conforme apurado, as agressões eram praticadas com o intuito de causar intenso sofrimento à criança, razão pela qual o suspeito foi indiciado pelo crime de “tortura castigo”, delito equiparado hediondo e com pena prevista de até 8 anos de reclusão, havendo aumento de pena por se tratar de vítima criança.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.