Polícia Civil e Acapra resgatam cachorros em situação de maus tratos


A Polícia Civil de Brusque, em apoio a ACAPRA, resgatou três animais em situação de maus tratos nesta terça-feira (8). O primeiro caso foi no bairro Don Joaquim onde foi encontrada uma cachorra da raça Dálmata extremamente debilitada e fraca em razão da magreza visível.

Também havia uma cachorrinha filhote que igualmente foi retirada do local para passar por avaliação médico veterinária. Neste local não havia água potável ou comida à disposição dos animais.

Na segunda diligência realizada no bairro Bateias um cão de grande porte e sem raça definida foi resgatado pois estava amarrado a uma corrente e era alimentado por vizinhos pois o tutor, segundo informações, estaria internado para tratar o seu vício em drogas há vários dias.

Publicidade

Uma equipe da Polícia Civil já havia retirado um cão da raça pitbull no mesmo endereço em outubro do ano passado, portanto ele simplesmente pegou outro cão após perder a guarda do primeiro.

Inquéritos policiais foram instaurados pelo Delegado Egídio Ferrari para a responsabilização dos tutores pelo crime de maus tratos, cuja pena pode variar de 2 a 5 anos de prisão.

Os cães ficaram sob a responsabilidade da ONG ACAPRA a qual, após os devidos cuidados, providenciará para que eles sejam adotados.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.