Polícia Civil apreende 4 milhões em mercadorias piratas em Brusque


A Polícia Civil de Santa Catarina, o Conselho Estadual de Combate à Pirataria (CECOP), a Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina e o Procon de SC deflagraram nesta terça-feira (26) em Brusque a operação “Etiqueta Segura III”. A ação conjunta visa combater os crimes contra as marcas, relações de consumo e tributários.

Pela Polícia Civil atuaram policiais civis da Delegacia de Investigação aos Crimes contra a Fazenda Pública (DFAZ) e da Delegacia de Defraudações, ambas da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC).

Foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão em estabelecimentos que comercializavam produtos piratas, o que resultou na apreensão de 115 volumes de mercadorias, que em levantamento prévio totalizam aproximadamente R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais), além de documentação que aponta irregularidades fiscais.

Publicidadelm MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO BRUSQUE

Parte da documentação apreendida será compartilhada com a Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina (SEFAZ), que fará a análise do material contabilizando, assim, o montante sonegado.

Os proprietários dos estabelecimentos foram intimados para prestar esclarecimentos e acompanhar a abertura dos malotes dos produtos apreendidos. Os produtos apreendidos serão encaminhados para o Instituto Geral de Perícias (IGP/SC) para atestar a sua origem.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.