Paróquia São Luís Gonzaga recebe relíquia de primeiro grau do padroeiro

Fragmento do osso do santo foi um presente dos Jesuítas


Na noite de terça-feira, 14 de fevereiro, durante a missa das 19h, na igreja Matriz, foi apresentada à comunidade a relíquia de primeiro grau do santo padroeiro, São Luís Gonzaga. O presente foi concedido pela Congregação dos Jesuítas, em referência aos 150 anos de fundação da Paróquia São Luís Gonzaga. A missa, presidida pelo pároco, padre Diomar Romaniv, e concelebrada pelos padres Paulo Riffel, Rodrigo Tascheck e Adilson Colombi, também foi marcada pela abertura do Ano Pastoral, contando com a presença de coordenadores que atuam junto à Matriz e nas demais 11 Comunidades.


Conforme explica o pároco, padre Diomar Romaniv, no lançamento do Ano Jubilar, em julho de 2022, a paróquia recebeu de Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, uma relíquia de São João Paulo II, o papa da Juventude. No mesmo ano, veio a surpresa de um segundo presente: a relíquia do beato Carlo Acutis, considerado pela Igreja, o anjo da juventude. Assim, nasceu a inspiração de receber, também, uma relíquia de São Luís Gonzaga que, além de padroeiro, é o patrono da juventude e dos seminaristas.


“Dentro de todo o contexto do nosso trabalho com os jovens e os nossos seminários, que sempre são um centro de formação de vocações, fizemos um pedido a Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, em Roma, que prontamente fizeram contato com o procurador dos Jesuítas, o qual recebeu nossa solicitação e nos presenteou com uma relíquia de primeiro grau do nosso padroeiro. Então, é com grande alegria que recebemos este pedacinho do santo que é tão importante para nós”, comemora padre Diomar.

Publicidade


A relíquia permanecerá na paróquia, juntamente com os outros presentes recebidos durante o Jubileu dos 150 anos. “Queremos elaborar um espaço, aqui na Matriz, para ser um memorial do Ano Jubilar, onde vão estar expostas as três relíquias, a imagem de Nossa Senhora Aparecida, que ganhamos do Santuário Nacional, e a Bênção Apostólica enviada pelo Papa Francisco. O intuito é fazer com que a memória deste ano tão especial para nós, seja permanente”, pontua o pároco.

Abertura do Ano Pastoral


A celebração também foi marcada pela abertura do Ano Pastoral da paróquia e contou com a presença dos coordenadores das pastorais da Matriz e Comunidades. Logo após a missa, eles participaram da primeira reunião do Conselho Pastoral Paroquial (CPP), para alinhar os planejamentos das ações que serão realizadas durante o ano.
“Antes de nos reunirmos para iniciarmos tudo o que planejamos, juntamente com as pastorais e iniciativas da Igreja, queremos consagrar todo serviço que cada um vai prestar a Deus e a São Luís Gonzaga para que possamos trabalhar da melhor forma”, finaliza o pároco.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.