Ordem de serviço para obras de macrodrenagem na rua Victor Meirelles é assinada

Fotos: Duda Antunes/Secom Brusque.

Após mais de 20 anos de espera, o morador da rua Victor Meirelles, Claudio Bonamente, poderá, enfim, ver a obra de macrodrenagem ser realizada no local. Durante esta terça-feira (19), foi assinada a ordem de serviço das obras de macrodrenagem da bacia da rua Victor Meirelles e Pomerode, que conecta os bairros Santa Rita e São Luiz. Esta será a primeira obra a ser executada com os recursos destinados ao financiamento do Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata).

Além das obras de macrodrenagem, as ruas receberão pavimentação asfáltica. O investimento total é de R$ 4,3 milhões. A execução da obra terá uma duração aproximada de 12 meses. A montagem do canteiro de obras inicia já em janeiro.

Bonamente, além de morador do local, é vice-presidente da Associação de Moradores do bairro Santa Rita. Ele comentou sobre a demanda antiga, aguardada pela comunidade há um bom tempo. “São mais de 20 anos de promessa. Agora chegou finalmente a oportunidade de cumprir. Foi um compromisso que assumiram e que agora será executado. É uma rua bastante movimentada, e importante. É um projeto que vai agregar muito à comunidade”, conclui.

Publicidade

Por conta da grandiosidade da obra, alguns transtornos serão causados. O prefeito André Vechi, que assinou a ordem de serviço, pediu paciência para comunidade. “É uma obra muito esperada para comunidade, uma via muito utilizada que sofre com diversos alagamentos. Toda obra traz algum transtorno, ainda mais a qual você tem que cavar e colocar tubos, então vai causar transtorno. Então a gente conta com a compreensão de toda comunidade, que os contratempos são temporários, mas os benefícios são permanentes”, finaliza André.

A empresa que será responsável pela execução dos serviços é a empreiteira Raimondi, que fica localizada no município, e foi a vencedora da licitação. Os envelopes foram abertos no meio de setembro de 2023, e em três meses, a ordem de serviço já foi assinada.
O Fonplata

Cada projeto financiado pelo FONPLATA passa por um processo de avaliação e aprovação rigoroso para garantir que atenda aos critérios de desenvolvimento estabelecidos pela instituição e que seja viável em termos econômicos, sociais e ambientais. Após a aprovação do projeto, os fundos são liberados para sua implementação.

Normalmente, empréstimos milionários como este são realizados pelos governos federais e estaduais. Neste contexto, Brusque se destaca por ser um município que contempla todas as exigências feitas pelo agente financiador.

Com a instituição, Brusque tem a primeira operação de captação externa da sua história, para o financiamento de US$ 30 milhões. O financiamento prevê contrapartida municipal da ordem de US$ 7,5 milhões, fazendo com que o investimento total fique acima de US$ 37,5 milhões.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.