TCE-SC multa Paulo Eccel, ex-secretário e agências de publicidade por irregularidades durante mandato

Multa foi referente a irregularidades em despesas com agência de publicidade.

Paulo-Eccel
Paulo Eccel

O TCE, Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina aplicou multa ao ex-prefeito de Brusque, Paulo Eccel (PT), ao ex- secretário de comunicação Leandro Maçaneiro a ex-diretora do setor Cristina Sapata e duas agências de publicidade por irregularidades em despesas, com agência de propaganda. São elas B.A.R e Giusti.

A denúncia foi feita pela gestão de Roberto Prudêncio Neto (PSD), de acordo com a denúncia houve promoção pessoal de Paulo na época, entre 2011 e 2014 durante o segundo mandato de Eccel.

Ainda segundo o tribunal, foi considerado que houve subcontratação dos serviços prestados.

Publicidade

A recomendação foi acatada pelo TCE-SC, que aplicou multa individual no valor de R$ 1.136,00 a Paulo Eccel, Leandro Maçaneiro e Cristina Sapata. A multa também foi aplicada as agências B.A.R e Giusti.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.