Fotógrafa de Brusque denuncia agressão; filha de nove anos assistiu tudo


A fotógrafa brusquense Doli Tomiozzo, de 40 anos, usou as redes sociais para denunciar a agressão realizada por um homem de 18 anos.

Ele é acusado de agredir ela e a filha de 19 anos. Tudo foi assistido por outra filha de Doli, de nove anos de idade. O fato ocorreu na noite deste sábado (9) , por volta das 20h em frente a empresa da fotógrafa, localizada no Archer Boulevard, após uma discussão.

Tudo começou, segundo ela, quando havia retornado de Balneário Camboriú com uma das filhas. Ela percebeu que um grupo de rapazes (3 ou 4), onde um deles urinava em frente a empresa dela.  Ela pediu para que não fizesse isso. A filha de 19 anos, chamada Larissa,  ouviu a discussão e desceu para defender a mãe.

Publicidade

Um rapaz que estava com eles começou a xingá-la. Doli foi fazer uma foto da placa do veículo, enquanto  Larissa discutiu com o agressor, que, segundo ela, deu um golpe de jiu jitsu na sua filha.

Doli foi para cima do rapaz e o arranhou. Quando se levantou, pegou o celular e registrou o momento que o rapaz, alterado, diz que poderia até matá-la.

Larissa foi levada ao hospital. Imagens no stories do Instagram de Doli mostram a menina de cadeira de rodas no hospital. Ela passa bem, mas deve passar por uma ressonância magnética no joelho amanhã (11).

A fotógrafa ainda não registrou o boletim de ocorrência, o que deve acontecer no início desta semana.  O acusado da agressão apagou seu facebook e seu instagram, devido tamanha repercussão do caso. Confira um dos vídeos que circula nas redes sociais:

Notícias de Brusque e Região.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.