A resposta é só sua

tag saúde brusque

Sempre tive, desde jovem, a ânsia por buscar o novo, por viver o inesperado. Talvez, por ter vivido na época das grandes transformações pelas quais passou a humanidade, isso tenha me marcado profundamente.

Sou da juventude que popularizou o “jeans”, que tinha Elvis Presley, Beattles, Roling Stones, James Dean, todos, sem exceção, revolucionários.

Sou da juventude que viveu a guerra fria, em que, a qualquer momento, o mundo poderia ser destruído pelas armas nucleares.

Publicidade

Sou da juventude que viveu as “festinhas americanas” em que os jovens levavam as bebidas e as moças levavam o que comer. A mais alcoólica era o simplório “ponche”.

Sou da juventude que estudava e muito, porque sabia que esta era a única forma de escalar socialmente.

Sou da juventude que não tinha carro, mas que se divertia jogando futebol, basquete, nadando em rios, empinando pipas, namorando a distância, lendo muito e escrevendo cartas.

Sou da juventude que interagia com seus amigos sem necessidade de drogas ou de qualquer artifício, que não fosse à amizade.

Sou da juventude que, quando via algo que desejava e não podia comprar, comprometia-se mais ainda em estudar para, um dia, ter algo igual.

Sim, sou da juventude que almejava e acreditava em um mundo melhor, fruto de seu esforço e dedicação. Nós teríamos um futuro e, isso nós sabíamos!

E, Hoje? O que vê na juventude nos dias atuais? Quais suas perspectivas? Que esperam de seu futuro?

Ou talvez devêssemos mudar o caráter da pergunta. O que você, jovem, está fazendo para construir o seu futuro?

É muito importante que você saiba identificar sintomas, ver quais os caminhos que o levarão ao futuro, quais as áreas que se tornarão importantes. Nada adianta investir e formar-se em algo que nada represente futuramente.

Fazer este curso ou aquele? Olhe para você, busque interiormente aquilo que o fará feliz. Penso que o caminho passa, necessariamente, pelo fazer o que se gosta, aquilo que o deixa feliz.

Minha última recomendação: não acredite em nada que venha do governo, não acredite em vencer sem esforço, não acredite em facilidades, não acredite em nada em que o agente da mudança não seja você. Seu futuro a você pertence e, você é que vai vivê-lo. Pense!

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.
Olhar do Vale

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.