Projeto propõe medidas para embarque e desembarque seguros no transporte coletivo municipal

Mulheres, pessoas com deficiência e idosos poderão escolher o ponto de parada entre 22h e 6h da manhã.

Vereador Gerson Luis Morelli / Divulgação

Vereadores aprovaram, em primeira discussão e votação, o Projeto de Lei Ordinária nº 16/2018, na sessão ordinária desta terça-feira, 23 de outubro. O PL trata de medidas para maior segurança no embarque e desembarque de mulheres, pessoas com deficiência e idosos no transporte coletivo urbano de Brusque.

A matéria, de autoria do vereador Gerson Luis Morelli, o Keka (PSB), propõe que esses usuários possam escolher o lugar de parada que julguem mais seguro, das 22h às 6h da manhã do dia seguinte. O local escolhido poderá ser fora do ponto regulamentado, desde que respeite o itinerário previsto e as regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Antes da votação, Keka reportou aos demais vereadores que o projeto foi enviado para o Conselho Municipal de Transporte Coletivo. Em reposta, o Conselho informou que seus membros, apesar de não terem reunido quórum suficiente para a aprovação final da proposta, analisaram o projeto de forma positiva. “Os mais interessados, os representantes das empresas de transporte coletivo, estiveram presentes, demonstrando que estão favoráveis e que já prestam serviço nesse sentido”, explicou o parlamentar.

Publicidade

Em aparte, os vereadores Marcos Deichmann (Patriota), André Rezini (PPS) e Paulinho Sestrem (PRP) parabenizaram o autor pelo projeto, bem como, pela busca de alinhamento com as empresas de transporte, após solicitação feita em sessões anteriores.

O projeto ainda deve passar por segunda discussão e votação, antes de ser encaminhado para sanção do prefeito Jonas Oscar Paegle (PSB). A empresa concessionária responsável pelo transporte coletivo de Brusque deverá afixar no interior dos veículos aviso que informe a nova regra, no prazo de 30 dias a partir da publicação da lei.

Notícias de Brusque e Região.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.