Câmara deverá agendar audiência pública sobre distribuição e descarte de sacolas plásticas

Foto: divulgação -

Em proposição aprovada pela Câmara Municipal na sessão ordinária desta terça-feira, 26 de março, o vereador Sebastião Lima, o Dr. Lima (PSDB), solicitou a realização de audiência pública para debate acerca da distribuição e do descarte de sacolas plásticas comuns no município. Ao que consta no Requerimento n° 25, o parlamentar pretendeoportunizar espaço para a comunidade discutir o tema e “construir alternativas consensuadas que permitam a desagregação natural deste hábito de consumo, que vem levantando sérias preocupações ambientais”.

Em tribuna, Dr. Lima defendeu a realização da audiência como forma de “transição para que a sociedade possa se adaptar a esse tipo de mudança”. Ele destacou que a adaptação deve acontecer não somente com os consumidores, mas em toda a cadeia produtiva do material. “Para que possamos fazer a mudança de algo desejado no mundo inteiro”, pediu o parlamentar.

Conscientização

Publicidade

Em alinhamento à discussão, Marcos Deichmann(Patriota) relembrou a rejeição o Projeto de Lei Ordinária nº 25/2018 de sua autoria, em conjunto com Ana Helena Boos (PP). O PL proibiria o fornecimento de canudos confeccionados com material plástico em restaurantes, lanchonetes, bares, padarias e por vendedores ambulantes.“Enquanto não houver punição para as pessoas que infringem essa questão do meio ambiente, nada vai mudar”, alegou o orador. “Vamos fazer a audiência, tratar do assunto e não vai resolver. Infelizmente, o ser humano não está preparado para uma conscientização. São poucas as pessoas que saem da sua zona de conforto”, disse.

Alessandro Simas (PSD) pontuou a importância do evento e outras propostas similares formuladas pelo Legislativo. “Devemos trabalhar a respeito do descarte deobjetos plásticos da nossa cidade. Acho que está na hora de tratarmos esse assunto com a devida importância”, afirmou. Ao citar ações realizadas com estudantes do Colégio Cônsul Carlos Renaux, Gerson Luis Morelli, o Keka (PSB), abordou exemplos de conscientização. Elereiterou que as campanhas devem ser constantes e não em períodos específicos. “Eu acredito que tudo ainda parte da Educação, acho que posso colaborar com esta audiência pública”.

Os vereadores André Rezini (Cidadania), Claudemir Duarte, o Tuta (PT) e Paulinho Sestrem (PRP) também se manifestaram sobre o requerimento. O evento, ainda a ser agendado, pretende reunir, segundo a solicitação, a comunidade acadêmica, os conselhos e as secretarias municipais de Educação e de Saúde, a Associação Empresarial de Brusque (ACIBr) e o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon).

Notícias de Brusque e Região.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.