Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico Municipal de Brusque é entregue

Iniciativa teve apoio da ACIBr, Sebrae/SC e prefeitura, e reuniu principais entidades e lideranças empresariais do município. População também poderá consultá-lo


Com o objetivo de identificar e planejar eixos estratégicos que promovam o desenvolvimento econômico e sustentável de Brusque pelos próximos 15 anos e, por consequência, a melhoria da qualidade de vida da população, foi entregue na tarde de quarta-feira, 24 de junho, o Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico Municipal de Brusque (Pedem).

Desenvolvido através da iniciativa da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr), Sebrae/SC e prefeitura de Brusque, com a parceria de diversas empresas e entidades do município, o Pedem apresenta um diagnóstico dos cinco principais eixos econômicos da cidade e que a partir de agora poderão desenvolver estratégias a ações direcionadas, a curto, médio e longo prazo.  

A entrega foi realizada na prefeitura de Brusque e contou com representantes do poder público municipal, do Sebrae/SC, da ACIBr, Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr), Observatório Social de Brusque (OSBr) e Centro de Inovação e Tecnologia de Brusque. O evento também foi transmitido de forma virtual, e pode ser acompanhado por demais representantes de entidades e empresas.

PublicidadeAGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL EM BRUSQUE

Construção

Durante o evento a consultora do Sebrae/SC, Claudia Bittencourt realizou uma breve apresentação do Pedem, bem como explicou o passo a passo de definição das estratégias em cada um dos cinco eixos, feitos a partir de grupos de trabalho com representantes dos segmentos. Para Brusque foram definidos os eixos: Têxtil; Confecção; Eletro metalmecânico; Inovação, Tecnologia e Educação; e de Construção Civil. Os principais dados de cada setor, como número de empresas atuantes e número de empregos gerados também integram o Pedem e foram apresentados na oportunidade.

“Fizemos o lançamento do Plano no ano passado com a participação das entidades e, a partir do levantamento de dados de cada um dos eixos, por meio de encontros e reuniões com representantes de cada setor, foram apontados os fatores facilitadores e os que restringem o desenvolvimento de cada um. Com isso também foi possível definir as prioridades e trabalhar uma visão de futuro de cada eixo, bem como as estratégicas específicas a serem realizadas”, explicou Claudia.

O Pedem faz parte do programa Cidade Empreendedora do Sebrae, iniciou em Brusque em julho de 2019 e foi lançado em setembro do mesmo ano. Mesmo com a pandemia do Covid-19, as reuniões dos eixos foram mantidas de forma virtual, o que garantiu a conclusão do plano. “Estamos executando o Pedem em várias cidades, mas não são todas que tiveram essa união e o envolvimento das entidades, como Brusque”, detalhou o gerente regional do Sebrae da Foz do Itajaí, Alcides Sgrott Filho.

União em prol do desenvolvimento

Para a presidente da ACIBr, Rita Cassia Conti, o Pedem não trouxe apenas estratégias de desenvolvimento econômico bem definidas, mas também a união das entidades e da sociedade em prol de objetivos futuros em comum. Além disso, a presidente da ACIBr ressaltou a importância da continuidade das ações estabelecidas no Pedem, nas próximas administrações municipais. “São ideias e objetivos fantásticos, que foram construídas por várias ‘mãos’, de modo setorial. É um planejamento sobre como queremos caminhar para o futuro, em ações a curto, médio e longo prazo e vamos batalhar muito para que esse Plano tenha continuidade, se torne lei, para evoluirmos na prática. Caso não seja possível, vamos levar para os Núcleos Setoriais da ACIBr desenvolverem, pela importância dessa ferramenta”, comentou Rita, que que participou ativamente da construção do eixo de Confecção.

Da mesma forma o presidente da AmpeBr e também secretário de Desenvolvimento Econômico de Brusque, Ademir José Jorge, enalteceu a execução do Pedem, que trouxe um importante panorama econômico, com direcionamento, em diversos setores. “Tive a oportunidade de participar do eixo de Confecção, pela AmpeBr, e foi uma experiência muito positiva, já que dentro da metodologia foi possível desenvolvermos os interesses e as necessidades de cada segmento. Sabemos que, a Confecção, por exemplo, é um case de sucesso de Brusque e não podemos perder essa identidade, precisamos fortalecer ainda mais esse polo. Parabéns para a prefeitura e a todos os envolvidos, que tiveram essa visão de futuro e esperamos poder iniciar logo as ações para termos uma cidade melhor para viver”, considerou.

O prefeito de Brusque, Dr. Jonas Oscar Paegle também considerou o Plano entregue como extremamente importante para o desenvolvimento do município nos próximos anos. “Queremos deixar uma outra cidade para o nosso futuro, com um desenvolvimento econômico planejado e pujante. Agradecemos a todos que contribuíram, em cada eixo de atuação, pois essa união da comunidade com o poder público fez toda a diferença”, pontuou.

Próximos passos

Após a entrega, as expectativas são de que algumas ações de curto prazo do plano possam ser iniciadas, da mesma forma que as prioridades dos eixos. Além disso, a ideia é a busca pela transformação do Pedem em um projeto de lei municipal, que possa garantir a continuidade das ações. “Brusque foi um dos municípios que teve mais engajamento dos empreendedores, e o apoio da ACIBr e das demais entidades foi fundamental para essa construção. Desde o início tivemos a preocupação para que esse plano ‘não fosse para a gaveta’, por isso a ideia de construi-lo com as entidades, que confiaram na iniciativa. Agora queremos formatar isso como um projeto de lei, para que o Pedem seja institucionalizado e executado nas gestões administrativas futuras”, comentou o diretor de Governo e Gestão Estratégica da prefeitura de Brusque, André Vechi.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.