Bruscão vence Boavista e larga bem na estreia da Série D

Brusque x boa vista
Foto: Beno Küster

O Bruscão largou com o pé direito na estreia da Série D do Campeonato Brasileiro. Jogando diante do Boavista (RJ), a equipe superou o adversário por 2 a 1, em jogo disputado na noite desta segunda-feira (6), diante 1176 torcedores que compareceram ao estádio Augusto Bauer.

Com o resultado, a equipe divide a liderança da chave com o Gaúcho (RS), que bateu o Foz do Iguaçu (PR) por 2 a 0 na estreia. O time paranaense será o próximo adversário do Brusque, em jogo que será realizado no próximo domingo (12), na cidade do oeste do Paraná.

Os 11 iniciais
Sem Zé Carlos, que ficou de fora da estreia cumprindo uma suspensão pendente, o Brusque foi a campo com: Dida; Edilson, Ianson, Magrão e Ayrton; Gama e Ruan; Romarinho, Jefferson Renan e Fio; Vinicius, no 4-2-3-1. A expectativa era um time leve na frente, explorando os lados de campo e Vinicius centralizado.

Publicidade

Boavista com medalhões
No time adversário, o destaque era o meia-atacante Tarta, revelado pelo Fluminense e com passagem também pelo Athletico-PR e futebol exterior. Mas a grande estrela do Boavista era o experiente meia e lateral Ruan, que fez o nome no Flamengo, onde levantou a Copa do Brasil em 2006 e o Brasileirão de 2009. O jogador começou no banco e entrou na partida apenas aos 23 minutos do segundo tempo.

Etapa inicial
O primeiro tempo da partida começou morno entre Brusque e Boavista, com raras chances de gol nos 45 minutos inicias. Nas melhores oportunidades, Vinicius finalizou raspando a trave, mas a arbitragem já anotava impedimento, aos 27 minutos. Aos 33, Fio mandou uma bomba de fora da área, mas Marcelo Pitol fez grande defesa e evitou o gol do Bruscão.

Fio faz a festa da galera
Num jogo de poucas chances de gol, o Brusque conseguiu balançar as redes num lance em que faltou atenção da equipe do Boavista. Em cobrança de lateral aos 40 minutos, Jefferson Renan cobrou rápido, Edison cruzou com perfeição e Fio apareceu para completar de cabeça: 1 a 0 Bruscão.

Ducha de água fria
A expectativa era ver a postura do time visitante na etapa final. Mas nem deu tempo para ver como o Boavista se comportaria atrás do placar. Logo com 1 minuto, Felipe Augusto viu Dida adiantado e marcou um golaço, de cobertura, do meio da rua: 1 a 1.

Estrela de Waguinho
Com menos de 10 minutos em campo, Pirambu e Thiago Alagoano mostraram-se boas escolhas do técnico Waguinho. Aos 19 minutos, o primeiro puxou contra-ataque pelo lado direito e cruzou com perfeição para o segundo só deslocar o goleiro Marcelo Pitol. Era a virada do Bruscão.

Boavista com 1 a menos
Aos 23 minutos, Victor, do Boavista, levou o segundo amarelo e acabou expulso. Com um mais, o Brusque seguiu controlando a partida e chegou a criar chances de ampliar o placar, mas parou no goleiro Marcelo Pitol.

Campeonato Brasileiro Série D
Brusque x Boavista
1ª rodada
Data – 6/5/19 (segunda-feira)
Hora: 20h
Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque

Brusque: Dida; Edilson, Ianson, Magrão e Ayrton; Gama e Ruan; Romarinho (Thiago, 35/2T) Jefferson Renan e Fio (Thiago Alagoano, 12/2T); Vinicius (Junior Pirambu, 12/2T). Técnico: Waguinho Dias.

Boavista: Marcelo Pitol; Wellington Silva, Victor, Douglas Pedroso e Dija Baiano; Elivelton, Jean, Felipe Augusto (Leandrão, 29/2T) e Michel (Ruan, 24/2T); Vitor e Tarta. Técnico: Eduardo Allax.

Gols: Fio (BFC – 40/1ºT), Felipe Augusto (BVT – 1/2ºT), Thiago Alagoano (BFC – 19/2T)

Cartão amarelo: Victor (BVT), Magrão (BFC)

Cartão vermelho: (Victor( BVT, 23/2T)
Público: 1176 pagantes

Notícias de Brusque e Região.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.