Covid-19: Saiba como é a rotina dos profissionais da linha de frente no Hospital Imigrantes

O hospital atende 11 pacientes com Covid-19, seis deles se encontram na UTI.

hospital imigrantes

Desde março deste ano, quando iniciou a pandemia do novo Coronavírus em Brusque, o Hospital Imigrantes trabalha com dois principais objetivos: prestar atendimento de qualidade aos pacientes infectados pela Covid-19 e garantir a segurança dos demais pacientes e da equipe.

Periodicamente, são realizadas reuniões multidisciplinares para reavaliar as medidas de segurança. Para o tratamento da nova doença, uma ala de isolamento foi implantada pela equipe assistencial, em conjunto com a equipe de manutenção.

A estrutura conta com posto de enfermagem próprio, rouparia, sala de descanso dos colaboradores e refeitório. “O colaborador que estiver trabalhando no isolamento passa o plantão todo lá dentro. Quando termina o plantão, ele utiliza uma saída externa, que dá direto em um banheiro. Lá, ele toma banho e só depois deixa o hospital”, detalha a enfermeira Jessica Rodrigues (29).

Publicidadeessências florais

De acordo com ela, a segurança dos demais pacientes é preservada a partir do isolamento dos suspeitos e confirmados para Covid-19. “Tudo é muito higienizado e a equipe é bem instruída para realizar os procedimentos de segurança. Nós temos uma maternidade aqui, muitas mãezinhas e bebês e temos uma preocupação muito grande em protegê-los, assim como a todos que vêm ao hospital”, ressalta.

hospital imigrantes brusque

Segundo a gerente de operações do Imigrantes, Fernanda Rodrigues, desde o início da pandemia o hospital tem acompanhado e se adaptado às necessidades do cenário. “Novos equipamentos de proteção individual (EPIs), novas rotinas, novos protocolos e até uma nova área com um novo posto de enfermagem foi criada. A evolução da doença na cidade, ou seja, o aumento dos casos fez com que precisássemos nos adaptar”, explica.

Fernanda revela que até o final de junho o hospital havia registrado poucas internações associadas à Covid-19, porém em julho os casos subiram de forma expressiva. “Tanto que 87% dos casos positivados, investigados pelo Hospital Imigrantes, foram registrados no mês de julho. E de todos os pacientes que internaram no Imigrantes, o maior volume também foi neste mês. Nós tivemos colaboradores afastados com suspeita de contágio, poucos casos confirmados e todos recuperados”, conta.

Infraestrutura

O Hospital Imigrantes conta com 40 leitos de Internação, sendo 28 enfermarias e 12 apartamentos. Possui 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva – UTI adulto e nove Neonatal. Nesta sexta-feira (7), o hospital atende 11 pacientes com Covid-19, seis deles se encontram na UTI.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.