CDL suspende temporariamente a cobrança da Área Azul

Foto: Ciro Groh

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brusque informa que está suspendendo temporariamente as atividades do Sistema de Estacionamento Rotativo “Área azul”. De acordo com uma nota encaminhada a imprensa pela coordenação de marketing da entidade, a medida foi tomada em virtude de ” a ocorrências de violência física e verbal direcionadas a monitores e colaboradores da entidade, presencialmente e pelas redes sociais, que infelizmente se intensificaram neste período de implantação” ,diz a nota .

A nota afirma ainda que “nos últimos dias alguns de nossos monitores foram vítimas de violência verbal, ameaças, tentativa de agressão física e até mesmo de atropelamento, por uma pequena parcela da população descontente com as novas regras do estacionamento rotativo. Os monitores que estão nas ruas são trabalhadores apenas cumprindo sua carga horária e não há nada que justifique esse tipo de comportamento violento por parte de uma minoria da população”.

Além de repudiar as situações mencionadas, a  suspensão das atividades se faz necessária para resguardar a integridade e segurança da equipe de trabalho, segundo a nota enviada.

Publicidade

A Área Azul retornará à sua normalidade assim que as alterações solicitadas pela população entrem em vigor.

Reunião

Devido à aplicação das recentes mudanças no sistema de estacionamento rotativo, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brusque informa que marcou para esta segunda-feira, 25, reunião com representantes do Poder Legislativo e Executivo Municipal para propor e discutir alterações do projeto de lei Nº 4138, de 11 de julho de 2018 e decreto nº 8266, de 13 de novembro de 2018, que regulariza e normatiza o sistema de Área Azul Municipal.

O presidente Fabricio Zen destaca que os primeiros dois meses de implantação do sistema foram um grande aprendizado para a entidade, e que a CDL está investindo grandes esforços para a execução do projeto conforme a lei.

Porém, devido ao descontentamento por parte de alguns lojistas e clientes pela retirada da tolerância mínima, a entidade busca, junto ao poder público, adequações para proporcionar um equilíbrio entre as solicitações do usuário e manter a funcionalidade do sistema rotativo de estacionamento.

Descontentamento

Desde sua implantação, o novo formato da Área Azul tem gerado descontentamento de comerciantes e comunidade, devido a falta de tolerância existente no novo modelo. O descontentamento foi tema da fala do vereador André Rezini essa semana na Câmara Municipal.

 

 

 

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.