CDL Brusque apresenta solicitações de alteração para Área Azul


A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brusque apresentou na manhã desta terça-feira, 26 de novembro, as alterações que serão encaminhadas ao poder público referentes ao estacionamento rotativo “Área Azul”. Com base nas reuniões realizadas nesta segunda e terça-feira, foi definido que o estacionamento rotativo voltará a ter 15 minutos de tolerância. 

Outra mudança é no valor do pagamento de irregularidades para quem permanecer na vaga sem regularização. A notificação terá o valor de R$ 2, se paga até às 12h do próximo dia útil, e R$ 5 das 12h01 do segundo dia até o sétimo dia útil.

O valor do ticket permanece R$ 1 por hora, com utilização de até duas horas na mesma vaga. O horário de funcionamento também permanece o mesmo. Há previsão de inclusão de novas ruas e criação de novos pontos de atendimento ao usuário.

PublicidadeAGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL EM BRUSQUE

Agora, as solicitações serão encaminhadas à Prefeitura e à Câmara de Vereadores para aprovação e alteração da lei Nº 4138, de 11 de julho de 2018 e decretos que regulamentam a “Área Azul”.

Suspensão

A cobrança permanece suspensa até que os decretos e nova lei sejam aprovados. Contudo, os monitores da Área Azul estarão nas ruas em um trabalho educativo com os usuários, explicando o funcionamento do sistema a partir da próxima semana. O trabalho de conscientização será permanente, mas ocorrerá de forma mais intensificada no próximo mês.

A equipe também auxiliará a população a fazer o cadastro na plataforma, para que todos possam garantir a utilização do estacionamento rotativo pagando apenas R$ 1 por hora, independente da utilização de smartphones e internet. Para fazer o cadastro de forma presencial, basta informar CPF, a placa do veículo e cadastrar uma senha. Depois, é só adquirir créditos com os monitores ou on-line e começar a usar.

“É importante ressaltar que nada muda para o usuário que já tem o cadastro e créditos adquiridos. Assim que a nova lei e decretos entrarem em vigor o sistema retornará à sua normalidade”, destaca o presidente da CDL Brusque, Fabricio Zen. 

Rotatividade

De acordo com o vereador Jean Pirola, a proposta de mudança de lei deve ser encaminhada ainda nesta terça-feira, 26, na Câmara de Vereadores. “Hoje a mudança que a gente fez voltou ao estado anterior do que praticamente já era. O estacionamento rotativo é um benefício para a nossa comunidade e para o comércio em geral, porque nós sabemos como é o Centro da nossa cidade. O estacionamento rotativo tem que ser rotativo e se você não tiver nenhum tipo de fiscalização da cobrança ele passa a ser permanente e tira a vaga das pessoas”, define.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.