Após caso de dengue confirmado, dedetização ocorre no Nova Brasília

Bairro receberá trabalho de bloqueio de transmissão, com uso de inseticida


Na segunda-feira (10) o Programa de Endemias vai realizar o bloqueio de transmissão da Dengue no bairro Nova Brasília. A atividade de controle vetorial, por meio da aplicação de inseticida, é necessária devido ao caso positivo de dengue confirmado no bairro nesta semana.

“A aplicação é realizada neste momento, porque o paciente reside no bairro considerado infestado pelo mosquito Aedes Aegypti. Então, para evitar a propagação do vetor, o Estado determina que seja utilizado inseticida”, explica a Coordenador do Programa de Combate a Endemias, Letícia Figueredo. De acordo com ela, o produto é usado com bomba intercostal (não é o fumacê com carro) e a aplicação é feita em um raio de 150 metros.

“Na manhã de sexta-feira (7), os agentes de endemias já passaram nas residências que abrangem essa área, para informar os moradores que no dia da aplicação eles devem deixar as residências abertas e não ficar próximo a aplicação do inseticida. Quem tiver animal de estimação deve deixá-lo com um parente ou em outro local fora desse raio, para evitar qualquer intoxicação”, destaca.

PublicidadeORATÓRIA EM SANTA CATARINA

Letícia comenta ainda, que trata-se de um inseticida não tóxico, mas por precaução a orientação é que ninguém esteja próximo aos locais onde será aplicado. O trabalho inicia às 7h30 com condições climáticas favoráveis, para que não haja desperdício de material e seja um trabalho eficiente. Em caso de chuva o trabalho será reagendado pelo Estado.

Aulas suspensas e Sala de Situação

Para garantir a segurança dos alunos, não haverá aulas na segunda-feira (10) na Escola de Ensino Fundamental e no Centro de Educação Infantil Nova Brasília. A direção da escola e a Secretária de Educação já foram notificadas da ação.

Já no período da tarde, as 13h30min, será instalado oficialmente a Sala de Situação, que é uma espécie de gabinete para gerenciar as ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti. No grupo, além de gestores e técnicos da Secretaria de Saúde e Vigilância Epidemiológica, haverá a participação de representantes de outras organismos municipais, além de outras entidades da Segurança Pública e do Ministério Público. Durante o encontro serão apresentando e atualizado os casos de dengue já notificados em Brusque.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.