Após 33 anos, Coronel Gomes deixa PM por conta da aposentadoria


É um ciclo que se encerra. O Coronel Moacir Gomes  se despediu da farda de policial militar na última sexta-feira (20). Após 33 anos de serviços prestados em prol da sociedade catarinense, o militar entra agora para a reserva remunerada. Para os civis, a aposentadoria.

Gomes passou por várias cidades, entre elas Brusque, onde comandou o 18° Batalhão. Atualmente estava atuando em Blumenau.

Em sua conta no Instagram, o policial agradeceu “aos amigos e companheiros de farda, aos familiares e a Deus por construir a sua história profissional, pessoal e familiar em uma instituição tão nobre e respeitada como a Polícia Militar de Santa Catarina”.

Publicidadeessências florais

De acordo com o Coronel a farda da PM tem peso: ” A farda não é uma veste, que se despe com facilidade e até com indiferença, mas outra pele, que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre…”, finalizou em sua postagem.

Se o ciclo na PM se finda, um novo ciclo pode estar iniciando na política, já que o nome do Coronel é ventilado nos bastidores como possível candidato a prefeito. Em sua entrevista no ano passado, Gomes revelou ao Olhar do Vale que só após a sua aposentadoria tomaria sua decisão de disputar ou não as eleições 2020. Vamos aguardar.

O Olhar do Vale reconhece e parabeniza o militar pelo excelente trabalho que fez por onde passou.

Texto: Anderson Vieira

Foto: Divulgação

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.