Morre motorista baleado por PMs após fugir de acidente

Foto: reprodução -

Foto: reprodução -
Foto: reprodução –

Itajaí – Se a intenção dos policiais militares Fábio e André Azevedo, pai e filho, respectivamente, era tirar a vida de Cristofer Mendes da Silva (21), após o jovem tentar fugir da cena de um acidente que ocorreu na noite do último 5 de agosto, o objetivo foi alcançado.

Isto, pois, internado desde aquele dia até este domingo (20) no Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, o motorista do Chevrolet Kadett que tentou se evadir por não estar com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) não resistiu e veio a óbito. Cristofer morava com a mulher e com o filho no Bairro Rio Branco.

Relembrando:

Publicidade

Tudo ocorreu quando Cristofer se envolveu em um acidente entre o seu veículo e a moto em que estava o soldado PM André Azevedo. O militar, então, chamou seu pai, também policial, sargento PM Fábio Azevedo. Silva, que estava junto de sua mulher e de seu filho bebê, decidiu entrar no veículo no intento de fugir. Foi quando os PMs atiraram contra o veículo, acertando o motorista na cabeça.

Na ocasião, eles disseram que o homem havia avançado contra eles, tentando lhes atropelar. A versão, porém, foi derrubada após a coleta de filmagens de um sistema de monitoramento de uma empresa das imediações. Desde a semana retrasada eles estão presos na sede da PM de Itajaí.

por Wilson Schmidt Junior

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.