Moraes determina busca na casa Luciano Hang e outros empresários

luciano hang
Foto: Câmara de Brusque

A Polícia Federal, por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) faz buscas nesta terça-feira (23) na casa de oito empresários que participam de um grupo pró-bolsonaro e que, segundo o site “Metrópoles” participam de um grupo em que haviam mensagens apoiando um golpe caso o candidato Lula vença as eleições em outubro.

Os mandados são cumpridos nesta terça-feira (23) em cinco estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Ceará.

Em Brusque, o empresário Luciano Hang foi alvo da operação. O dono da Havan faz parte da conversa, mas não aparece nas trocas de mensagens em que os outros membros falam sobre golpe. De acordo com a assessoria de imprensa de Hang, uma nota será enviada ao longo do dia sobre o fato.

Publicidade

São alvos da operação desta terça:

  • Afrânio Barreira Filho;
  • Ivan Wrobel;
  • José Isaac Peres;
  • José Koury;
  • Luciano Hang;
  • Luiz André Tissot;
  • Marco Aurélio Raymundo;
  • Meyer Joseph Nigri

Atualização: A assessoria de Luciano Hang enviou uma nota às 09h49 desta terça-feira, confira:

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.