Moradores pedem por vagas em escola do Dom Joaquim

Fotos: Aline Bortoluzzi/Imprensa Câmara Brusque

Durante a sessão da Câmara de Vereadores de Brusque nesta terça-feira (27), moradores do bairro Dom Joaquim fizeram uma manifestação reivindicando vagas para o 1º ano do ensino fundamental na EEB Monsenhor Gregório Locks.

A moradora Daiana Simão diz que neste ano já foi tirada a série inicial na parte da manhã, “É o único colégio que existe no Dom Joaquim, não tendo vagas e isso vem se arrastando a muitos anos e agora estamos em uma situação indefinida. {…} Eu tenho dois filhos autistas e trabalho de manhã, como vou fazer?”

Publicidade

Valdir Hinselmann, presidente da Associação de Moradores do Dom Joaquim diz que a situação vem se agravando e a falta de vagas já acontece há uns quatro anos. “A criança sai da creche e não tem vaga na escola do bairro, precisa ir para o Rio Branco, Cedro Alto e outros bairros.” Afirma o presidente.

Segundo Valdir, 100 crianças precisam de vagas para o primeiro ano e o diretor da escola informou que no momento não existem essas vagas. “As salas de aulas precisam ser usadas para laboratórios, afirma.

Os pais estão organizando um abaixo assinado e o Presidente da Câmara, Alessandro Simas (PP) informou que irá promover uma reunião na próxima semana com coordenador regional de Educação, Odair Bozio.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.