“Me sinto honrada por ser a escolhida”, diz Atriz Mônica Carvalho que interpretará Maria no teatro Paixão e Morte de um Homem Livre

Foto: Adriana Kohler

A atriz Mônica Carvalho já está em Guabiruba para encenar o espetáculo Paixão e Morte de um Homem Livre, para o qual executará o papel de Maria, mãe de Jesus. Na manhã desta quinta-feira, 14, ela recebeu a imprensa, patrocinadores e convidados para uma entrevista coletiva, onde contou suas primeiras impressões sobre o espetáculo.

Na noite de ontem, estava programada uma prévia do teatro para pessoas com deficiência, de Guabiruba e região, que deveria servir de ensaio para Mônica e o grupo de quase 400 voluntários que trabalham no elenco, produção e montagem do espetáculo. Por conta da chuva, não foi possível realizar a apresentação. “Me sinto honrada em ter sido escolhida para participar desse espetáculo que fala de renovação e esperança. O meu papel como atriz é levar algum tipo de emoção, e esse espetáculo fala justamente sobre isso. quero emocionar quem está vendo, para que levem pra casa esse sentimento de esperança, de amor, de acreditar. Espero fazer esse papel à altura do que vocês estão esperando”, completa Mônica.

O presidente da Associação Artística e Cultural São Pedro, Marcelo Nascimento, agradeceu a presença e disponibilidade da atriz e dos patrocinadores que viabilizam a realização do espetáculo. Entre eles está a Prefeitura de Guabiruba, que é parceira do projeto desde o seu início e hoje é um dos seus patrocinadores. “Esperamos que hoje e amanhã possamos realizar esse belo espetáculo como todos conhecem. As oito mil pessoas com certeza sairão de lá renovadas, com uma nova esperança após esses dois anos com a pandemia. Acredito que lá em 2019, quando foi definido que a narração seria através de uma menina, ninguém imaginava que cairia tão bem, uma criança narrando a história e trazendo essa nova esperança”, afirma o presidente.

Publicidade

A diretora-geral do espetáculo, Rejane Habitzreuter Schlindwein, fala da motivação do espetáculo. “Quando decidimos sobre a menina narradora, começamos a escrever um texto de esperança, de amor, de família, de carinho, e de sonho. Neste momento que envolve pandemia, ninguém melhor do que uma criança para nos falar de como retornar a viver.” Rejane reflete: “Estávamos vivendo tão cheios de coisas para fazer. O que é importante pra nossa vida? O que é essencial pra nossa vida? É isso que iremos trazer no Paixão e Morte 2022.”

Juliano Schumacher, proprietário da empresa Guabifios, esteve presente na coletiva representando todos os patrocinadores. “De minha parte, a Guabifios só tem a agradecer e parabenizar por tudo que a associação tem feito durante esses anos todos. Tenho o prazer em fazer parte deste espetáculo desde as primeiras edições, e isso é motivo de orgulho e satisfação. Então, o momento é esse, de gratidão e parabenizo toda essa equipe de voluntários, pois não é apenas mais um espetáculo, é uma super produção. Parabéns.”

Durante o encontro, o prefeito Valmir Zirke, que esteve na coletiva acompanhado do vice-prefeito Cledson Kormann, afirmou ser uma alegria e uma satisfação poder colaborar com o trabalho em todos esses anos. “Esse momento é motivo de alegria, depois de 3 anos, podermos realizarmos esse belíssimo teatro. Este evento que é tão importante para a nossa cidade, levando o nome de Guabiruba para todo o Brasil. Em nome da Prefeitura de Guabiruba, podem contar conosco, continuando essa parceria de anos. Em conversa com o Marcelo, Presidente da Associação São Pedro, estamos com projetos de levarmos o próximo teatro Paixão e Morte, para o Parque Municipal Vereador Érico Vicentini. Que nessa semana santa, o Jesus ressuscitado, traga para todos, uma feliz e abençoada Páscoa.”

Produção guabirubense

O espetáculo Paixão e Morte de um Homem Livre é realizado a cada dois anos pela Associação Artística e Cultural São Pedro. A coordenação do projeto é responsabilidade da Prisma Cultural, que conta com a aprovação da Lei Rouanet para a captação de recursos.

Além da Prefeitura de Guabiruba, o projeto conta ainda com o patrocínio de Guabifios, Havan, NCA Malhas e Supermercados Archer.

Paixão e Morte de um Homem Livre – 23ª Edição
14 e 15 de abril
21h e 19h30min
Pátio da Igreja São Cristóvão – Bairro Aymoré

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.