Juíza que impediu menina de 11 anos de abortar será transferida para Brusque

Foto: TJ

Uma menina de 11 anos, vítima de estupro, está sendo mantida em um abrigo pela justiça para evitar que ela faça um aborto autorizado. Ela está com 22 duas semanas de gestação. O caso foi revelado em reportagem do site The Intercept. Confira a matéria completa clicando aqui.

Segundo o site, a juíza titular da Comarca de Tijucas, que proferiu a sentença, tentou em vários instantes induzir a menina a continuar com a gestação: “Você suportaria ficar mais um pouquinho?”, perguntou a juíza para a menina durante audiência gravada em vídeo.

Durante a audiência, a juíza chegou a perguntar para a criança “se o pai (estuprador) se importaria de encaminhar o bebê para a adoção”.

Publicidade

O Tribunal de Justiça não divulgou que medidas administrativas irá tomar, mas no seu site já aparece que a juíza está em trânsito para Brusque, ou seja será transferida de Tijucas para Brusque e deve atuar na Vara Comercial. Veja a lotação dos magistrados: Clique aqui

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.