Ivan Martins: “Temos que fazer com que Brusque tenha uma representação forte na Alesc e na Câmara dos Deputados”

Ivan Martins discursa durante a sessão ordinária desta semana. Foto: Imprensa/Câmara Brusque.

Em pronunciamento durante a sessão ordinária desta terça-feira, 3 de maio, o vereador Ivan Martins (Republicanos) se propôs a refletir sobre a importância de Brusque contar com representantes na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) e na Câmara dos Deputados. Ele lembrou que, por ocasião das eleições de 2018, chamou a atenção das lideranças locais para a quantidade de candidatos que se apresentavam naquele ano, fato que, no seu entender, dificultaria a vitória de quaisquer das campanhas nas urnas.

“Nós sabemos que sem um representante na Assembleia Legislativa é muito difícil carrear recursos para a cidade, tanto é que, nessa época de pandemia, o governo federal encaminhou para Brusque cerca de R$ 61 milhões e o governo estadual, aproximadamente R$ 3,5 milhões, é uma diferença muito grande, e o município investiu R$ 89 milhões de recursos próprios para superarmos essa crise e dar o atendimento necessário à população na área da Saúde”, comparou o parlamentar.

“Terminadas as eleições de 2018, vimos que nenhum dos nossos candidatos, tanto à Alesc como à Câmara dos Deputados, alcançou o objetivo de ocupar uma cadeira nessas casas legislativas. Com isso, ficamos sem representantes, como um barco à deriva, sem ser ouvidos pelo governo estadual e o governo federal, pedindo a deputados de outras regiões que atendessem às solicitações de Brusque”, prosseguiu Martins.
Tendo em vista a disputa eleitoral deste ano, o vereador reiterou que os dirigentes dos partidos políticos precisam compreender a necessidade de Brusque lançar, no máximo, um candidato a deputado federal e dois candidatos a deputado estadual: “Aí temos certeza de que, com o número de eleitores que temos, que gira em torno de 90 mil, vamos ter votos suficientes para eleger dois deputados estaduais e um deputado federal e estaremos bem representados”, justificou. “Temos que pensar na cidade e fazer com que Brusque tenha uma representação forte tanto na Alesc como na Câmara dos Deputados. É uma pena que Luciano Hang não seja candidato a senador, ou poderíamos ter um representante também no Senado”, cogitou o orador.

Publicidade

Por fim, ele sugeriu que instituições representativas como a Associação Empresarial de Brusque (Acibr) envolvam-se na discussão em pauta junto às agremiações políticas, em prol do município.


Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.